Lummertz defende turismo como elemento de desenvolvimento social

Por: Priscila Ferraz

Na última segunda-feira, dia 29, o presidente do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur), Vinícius Lummertz, participou como convidado especial do debate promovido pela Lide (Grupo de Líderes Empresariais) de Santa Catarina. Realizado em Florianópolis, o evento reuniu políticos e empresários para ouvir o presidente do Instituto falar sobre “O Turismo como elemento de integração na América do Sul”.

“É preciso encarar o turismo como uma indústria capaz de gerar renda em todo o País. Agora é o momento de decidirmos que tipo de posicionamento vamos ter com relação ao setor daqui para frente, e o que queremos é ver o Turismo como eixo de renovação da economia, integração e fortalecimento de toda a América do Sul”, afirmou.

O presidente fez uma apresentação sobre a realização de eventos como mola propulsora do turismo, a atuação dos Escritórios Brasileiros de Turismo no exterior, as ações de promoção digital e a necessidade de se ampliar as frequências de voos internacionais como um dos caminhos para fortalecer a economia do País. “Mais frequências internacionais impactam não somente no número de turistas. Onde aumenta o número de voos aumentam também as exportações”, declarou.

Lummertz também reforçou a comparação do Brasil com 140 países, em que o destino se destaca em primeiro lugar no mundo em potencial de belezas naturais. “Na contramão, estamos na 135ª posição dos países com potencial para se abrir um negócio no setor de turismo. Tais fatos precisam ser levados em consideração e esse cenário precisa mudar, definitivamente”, defendeu o presidente, que encara como missão de sua gestão conseguir facilitar a construção de grandes empreendimentos no Brasil.

 

 

PF

Deixe uma resposta