Luzeiros prevê ocupação mínima de 60% na nova unidade de Lisboa

Com três empreendimentos no Brasil, a marca apresenta o novo Luzeiros Suites em Portugal e outros projetos para 2020
Dagoberto Silva, diretor operacional e Mário Miguel, CEO do Luzeiros Hotéis

Nesta quinta-feira (4), a Luzeiros Hotéis apresentou sua primeira unidade em Lisboa. O evento de lançamento aconteceu na casa de Portugal, na capital paulista. Segundo Mário Miguel, CEO da rede, para 2020, o grupo prevê 60% de ocupação média.

“Prevemos para 2020 a ocupação média de 60% no ano de 2020, mas eu diria que esse número é em um perspectiva pessimista. Acreditamos que a taxa de ocupação ficara bem acima”, afirma o executivo. O Luzeiros Suites, fica na Avenida da República, na capital portuguesa, próximo ao centro e atrativos turísticos.

O prédio dos anos 60 foi reformado e agora conta com 105 suítes de luxo que variam entre 15m² a 55m², nas categorias Single, Duplo, Triplo, Executivo e Superior. A reforma manteve o piso, portas e o mármore da construção original. A escadaria, lareiras e o elevador também são da época.

O hotel está totalmente adaptado para pessoas com baixa mobilidade e possui serviço de recepção 24 horas, wi-fi gratuito, restaurante com serviço de café da manhã e almoço em formato buffet ou a la carte. O estacionamento é pago a parte, por dia.

“Queremos estabelecer uma ponte entre brasileiros em Portugal e portugueses no Brasil, o brasileiro é uma potência e Portugal é um destino rico culturalmente e seguro. Nós dizemos que os nossos hóspedes do Brasil estão em casa em Lisboa”, ressalta Mário.

Centro de eventos

O Luzeiro Suites não possui espaço para eventos, pois durante a reforma, a prefeitura limitou as transformações do prédio. “Fomos questionados sobre esse espaço e estamos estudando a possibilidade de realizar eventos na área do café ou em outras áreas do hotel”, afirma o CEO.

Investimentos

A marca que já possui hotéis em Fortaleza, Recife e São Luís, está com dois projetos em fase final para aprovação. Um deles será instalado em Teresina (PI), e o outro também em Lisboa. “Há outros que poderão surgir em 2020, mas eles ainda estão em estudo”, conclui o executivo.


Leia mais
+Com nova parceria, Schultz estima aumento de 40% de emissões para Portugal
+Air France terá quatro novos destinos sazonais na Espanha e Portugal
+Turismo Centro de Portugal vê Brasil como 4º principal mercado


 

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui