Madeira, em Portugal, lança certificado de segurança sanitária ao Turismo

A ideia da certificação, lançada pela Associação de Promoção da Madeira (APM), é garantir aos visitantes boas condições de saúde e segurança

Ilha da Madeira, em Portugal

A Associação de Promoção da Madeira (APM) lançou uma certificação de boas práticas em relação à gestão de risco biológicos. A novidade estará à disposição de empresas associadas e tem como objetivo reforçar a confiança dos viajantes. A ideia vem de encontro com o reforço que o tema segurança sanitária ganha importância para que haja o relançamentos de destinos após a pandemia.

“A implementação de medidas que confiram conforto a quem viaja é fundamental para o restabelecimento do bem-estar de todos. Acreditamos que este compromisso que assumimos contribuirá para que a retomada do setor aconteça com a força e o dinamismo que todos desejamos”, diz Eduardo Jesus, secretário regional de Turismo e Cultura e presidente da APM.

Nuno Vale, diretor executivo da APM, afirma que a certificação garante maior competitividade aos associados, mostrando que oferecem segurança e todas as condições em termos de saúde. “Uma certificação internacional, credenciada e independente é essencial para todos os envolvidos no setor turístico e será um diferencial qualitativo, além de condição necessária para operar negócios do turismo no futuro”, avalia.

Além do certificado, está previsto um webinar, em maio, para apresentação da ação e processo de certificação para empresas. Já em junho, será lançado o manual de certificação e, em julho, começam as certificações. A ideia é certificar até 160 empresas por mês, incluindo hotéis, restaurantes, agências de viagens, locadoras, entre outros estabelecimentos oficiais de Turismo.

A APM irá providenciar, ainda, condições para seus associados aderirem ao processo de certificação, que será feito com garantia de qualidade pela SGS.


Deixe uma resposta