Malai Manso Iate Convention registra aumento de 67% na receita em 2018

Malai Manso

O Malai Manso Resort Iate Convention & Spa, que comemorou dois anos de funcionamento em 2018, fechou o ano celebrando a consolidação do empreendimento, que superou as previsões otimistas.

No ano passado, foi registrado o crescimento de 67% na receita em comparação com 2017, bem como a marca de 42% na ocupação média, totalizando 116.310 hóspedes. Para 2019, a expectativa é ter um incremento de 28% na receita e um alavancamento de 7 pontos percentuais na ocupação frente ao ano de 2018.

Um dos fatores positivos para tais resultados foi o investimento em infraestrutura, além da oferta de uma programação efetiva de lazer e entretenimento para os hóspedes. Enquanto em 2018 o foco da empresa foi consolidação, em 2019 a ideia é ampliação. Este ano, por exemplo, o centro de convenções, que recebeu 133 eventos em 2018, passará a ter a capacidade de 1,4 mil pessoas em um espaço multiuso.

Além disso, o meio de hospedagem visa investir ainda mais em sua programação de eventos culturais. Estima-se que mais pessoas escolham a Chapada dos Guimarães como opção de lazer, entretenimento, contato com a natureza e diversão.

“Queremos consolidar o resort como o destino ideal para quem procura por muita aventura e entretenimento e, com isso manter o Mato Grosso na lista de lugares turísticos que mais cresce no Brasil”, diz Ricardo Gouveia, diretor comercial do Malai Manso Resort.

Para acompanhar o crescimento e os resultados obtidos durantes estes dois anos de operação, foram contratados novos colaboradores em 2018. Dentre eles, estão Tiago Cabau, que assume a diretoria de operações; Dairon Grandi, gerente de RH; Guilherme Donda, gerente de operações; Cléber Luiz Ferreira, gerente de serviços; e Fernando Denardi, gerente de A&B. Além disso, Gouveia anunciou novos representantes de vendas: Marcos Figueira (RJ), Carla Medeiros (DF) e Letícia Galperim (RS).

“As novas colaborações e parcerias foram feitas não só com o intuito de aumentar o número de hóspedes, oferecendo um serviço impecável, mas também porque constatamos a necessidade de novos representantes para consolidar a escolha do nosso complexo turístico na hora de fechar uma viagem”, destaca o diretor comercial. Este ano, a previsão é de que novos negócios sejam fechados em outras regiões do país.

Leia mais sobre Hotelaria. 

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta