Mar Hotel contribui em protocolo de segurança sanitária para hotelaria

A elaboração do documenta conta com especialistas na área de química, pesquisadores, consultores especializados, engenheiros de produção, gerentes de qualidade, entre outros

hotel

Na última segunda-feira (1), o Mar Hotel da rede Pontes Hotéis & Resorts anunciou a participação na elaboração do protocolo de segurança sanitária para o setor hoteleiro. O documento conta com a organização da Associação Brasileira de Governamentais e Profissionais de Hotelaria (ABG).

“A hotelaria está passando por um processo de transformação. A segurança sanitária, que é um dos pilares que sustenta todo o nosso desenvolvimento, passa a ser um fator decisivo para o cliente, por isso é importante pensar juntos em formas viáveis de implementar mudanças ”, afirma Maria José Dantas, presidente nacional da ABG.

A elaboração possui um comitê técnico e um institucional. O primeiro conta com especialistas na área de química, lavanderia, pesquisadores, consultores especializados, engenheiros de produção, gerentes de qualidade. O segundo é composto por profissionais da área de hotelaria, inclusive de hotelaria hospitalar, governos e usuários de hotéis.

“Acreditar que o maior desafio será a conscientização da equipe e dos hóspedes. São muitas mudanças e adequações, que são de extrema importância para a segurança de todos. Estamos com pensamento positivo e honrados com o convite do ABG para contribuir na construção de documentos e também sermos laboratório de novo protocolo. Já intensificou internamente os cuidados e agora, com uma participação na equipe desse protocolo, todo o processo será ainda mais aperfeiçoado ”, destaca Janaína Pacheco, Gerente Geral do Hotel Mar.

O processo de validação é realizado em três etapas: diretrizes para políticas de distanciamento, comunicação e higiene pessoal, processo técnico-operacional (materiais, produtos e EPI) e controle. Em cada fase, os membros da comissão podem sugerir acréscimos ou retirada de itens.

Para Maria José, o trabalho permitido antes da entrada dos hóspedes. “Eles já chegaram a cientes sobre normas e protocolos a serem seguidos para que todos se sintam seguros. Mudanças nos restaurantes, elevadores, academias, enxoval e vários outros itens estão sendo analisados. É com uma visão de segurança que estamos criando um material que pode ser aplicado em qualquer meio de hospedagem, como grandes hotéis ou até albergues ”, concluiu.


Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui