Marrocos cinematográfico

No segundo dia de tour, o grupo foi para Ouarzazate
marrocos
Grupo do famtour em Ait Ben Haddou

Brasilturis Jornal dá sequência à série de textos exclusivos sobre a oferta turística no Marrocos para o segmento corporativo e de Mice, resultado de um famtour da Royal Air Maroc em parceria como DMC Atlas Voyages. No primeiro dia de tour, o grupo de travel managers convidados fez um passeio de balão pela região de Oulad Garn e conheceu a cidade de Marrakesh.

Nesse segundo dia, os viajantes seguiram rumo a Ouarzazate, a 200 quilômetros de Marrakesh. A cidade de apenas 120 mil habitantes tem o turismo como importante fonte de renda. No trajeto, um dos pontos altos foi inclui cruzar a cordilheira do Alto Atlas, chegando a 2.260 metros de altitude, o que descortinou uma nova paisagem do país.

Antes de chegar a Ouarzazate, entretanto, o grupo fez uma parada técnica em Ait Ben Haddou, lugarejo que foi cenário para filmes Hollywoodianos como “O Gladiador”, “A Múmia” e “Game of Thrones”, entre outros. Mas, quando o assunto é cinema, o lugar é o Estúdio Atlas.

O mais importante espaço para a sétima arte na região dispõe de vários cenários e propõe uma imersão no tema. A abundância de luz natural levou várias produtoras a utilizar o local para filmagens. Ali é possível recriar ambientes desérticos, usando as construções em adobe como pano de fundo. E, ainda, visitar os cenários de diversos longas-metragens, já que a estrutura que serviu de base para muitos deles continuam intactas.

Brasilturis Jornal viaja a convite da Royal Air Maroc e Atlas Voyages, com proteção Affinity e April Brasil
Esse texto faz parte de uma série sobre os atrativos turísticos do Marrocos que o
Brasilturis Jornal publica com exclusividade até a próxima sexta-feira (20). 
Confira amanhã (16) os destaques do passeio do grupo no Deserto do Saara - com
direito a passeio de camelo e almoço em um oásis. 

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui