Melhor Câmbio aconselha viagens internacionais com queda do dólar

De acordo com o Boletim Focus do Banco Central de 2019, o dólar pode encerrar a R$ 3,70 este ano

0

A Reforma da Previdência é vista com bons olhos pelo mercado e as expectativas de economistas e investidores de que ela seja aprovadas este ano reflete diretamente no dólar. De acordo com o Boletim Focus do Banco Central de 2019, a moeda americana pode encerrar o ano em R$ 3,70.

Com essa desvalorização, os brasileiros podem desengavetar os planos de viagem internacional. Pensando nisso, o Melhor Câmbio visa oferecer ainda mais economia na compra de câmbio.


LEIA MAIS:
+ Alta do dólar aumenta em 31% as buscas por destinos nacionais
+ MelhorCâmbio.com oferece serviço para “driblar” alta do dólar
+ Com dólar em alta, Califórnia visa manter fluxo de brasileiros em 2018

“Mesmo que haja oscilação, a tendência é que o dólar caia. É o momento ideal para voltar a pensar naquele passeio em família, no intercâmbio do filho ou no curso no exterior que teve que ser cancelado pela grande instabilidade que as incertezas das eleições provocaram”, afirma Alexandre Monteiro, sócio-fundador do site comparador de casas de câmbio.

Ainda segundo o executivo, o planejamento deve começar quanto antes. “O ideal é acompanhar o preço todos os dias, o que possibilita fazer compras fracionadas para se blindar dos picos. Não recomendamos esperar para comprar tudo de uma vez ou contar com a expectativa de queda em períodos específicos”, diz Monteiro, que relembra que os usuários do site podem contar com o Alerta de Câmbio, que avisa dos momentos de baixa.

A plataforma mostra as cotações diárias de 22 moedas em 870 casas de câmbio de todo o País, o que ajuda os viajantes a se programarem. Além disso, há um sistema de ofertas, que realiza um tipo de leilão entre as corretoras.

“Isso multiplica ainda mais as chances de encontrar taxas que cabem no bolso, para concretizar e até ampliar o roteiro da tão sonhada viagem para fora”, declara o sócio-fundador. O site proporcionou economia de mais de R$ 130 milhões a seus cerca de 310 mil usuários com a ferramenta de barganha em 2018.


LEIA TAMBÉM:
- Dólar em alta: Conheça as taxas de compras dos destinos mais populares dos EUA
- Berlim e Viena têm aumento de estadas de brasileiros em 2018
- Amadeus: crescem reservas de turistas de países com visto eletrônico

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here