Mice: Entidades latino-americanas lançam Alianza Mice Sudamérica

A ideia da união entre Quito, Lima, Buenos Aires, São Paulo e Bogotá é consolidar os destinos no segmento de reuniões, congressos, exibições e incentivos

Alianza Mice Sudamérica

Nesta quarta (16), foi apresentada a Alianza Mice Sudamérica, que reúne entidades do segmento de reuniões, incentivos, congressos e exibições (Mice, no inglês) de cinco destinos da América Latina. A parceria entre as entidades de São Paulo, Quito, Buenos Aires, Bogotá e Lima visa trocar ideias e informações para gerar mais eventos e consolidar a região no mercado.

O novo projeto foi apresentado por:

  • Lilian Orbegozo, diretora executiva do Greater Bogota Convention Bureau
  • Piá Caso, diretora do Buenos Aires Convention & Visitors Bureau
  • Denise McCubbin, diretora executiva do Lima Convention and Visitors Bureau
  • Elenice Zaparoli, diretora do Visite São Paulo
  • Carla Cárdenas, gerente geral do Quito Turismo

A ideia é que as entidades participantes troquem informações, como o cenário de segurança sanitária dos destinos. Além disso, os destinos apostam em iniciativas de promoção, com base em troca de informações de eventos e ações anteriores.

Lilian destaca que o projeto nasce após uma série de reuniões, que foram essenciais para o planejamento de um plano de ação. “O objetivo é interinstitucional para ajudar no desenvolvimento e posicionamentos das cidades e aumentar a capacidade de reuniões. Celebramos a formalização desta aliança”, declara a diretora.

Denise, por sua vez, declara que as entidades se identificam como um grupo e que, por meio dessa marca, será possível conquistar uma nova posição dos mercados, tanto em âmbito nacional quanto internacional. “Estamos convencidos do grande potencial. Estamos prontos para que nossos eventos voltem e, por isso, apostamos em uma comunicação contínua e informando sobre as melhores estratégias de eventos. A melhora forma de transformar, é trabalhando em conjunto”, completa.

Elenice, do Visite São Paulo, ressalta a possibilidade de aprender com o passado e o apoio entre os membros da aliança. “Com esta colaboração, fortalecemos nossas ações, nos preparando para a chegada de novos eventos e internacionalizando ações já existentes. Hoje, mais do que nunca, fica evidente o protagonismo das entidades, seja na comunicação ou nos protocolos”, afirma.

Carla ainda complementa, observando o contínuo crescimento do segmento na região em um cenário pré-pandemia. Com essa nova aliança, a profissional estima que sinergia entre as associações gere uma recuperação responsável da indústria. “Somos cinco cidades que contam com muitas ideias e que assumem o desafio da nova normalidade. Vamos multiplicar resultados para cada um dos membros”, diz.


Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui