Movida é eleita a melhor empresa ESG na categoria mobilidade

A avaliação que consagrou a Movida considerou as categorias: financeiro, manufaturado, intelectual, humano, social e ambiental

movida
Foto: reprodução

Nesta quarta-feira (12), a Movida Aluguel de Carros foi eleita a empresa de mobilidade mais sustentável do Brasil de acordo com o prêmio Melhores do ESG – Repensando o Valor de Tudo – promovido pela Revista Exame. A avaliação considerou as categorias: financeiro, manufaturado, intelectual, humano, social e ambiental.

 “É uma honra muito grande para nós, da Movida, recebermos um reconhecimento tão importante, que só aumenta a nossa responsabilidade e reforça o nosso compromisso em continuar desenvolvendo a companhia e liderando a agenda ESG”, disse Renato Franklin, CEO da Movida.

A locadora criou em nos últimos anos um comitê sustentabilidade e assumiu compromissos com questões socioambientais no seu estatuto social, criando então, a estratégia ESG que aborda dentre seus objetivos tornar-se carbono neutro até 2030 e carbono positivo até 2040.

Tais iniciativas levaram a Movida, em 2020, a se tornar a primeira locadora de capital aberto do mundo a receber a Certificação de Empresa B, movimento global de empresas criado nos Estados Unidos, com o objetivo de redefinir sucesso na economia para que sejam considerados não apenas o êxito financeiro, como também o bem-estar da sociedade e do planeta. Hoje, a companhia faz parte da carteira do Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE-B3) e do Índice Carbono Eficiente da B3 (ICO2 B3).

Outro diferencial da Movida está no fato de ser a primeira locadora do mundo a emitir um Sustainability Linked Bond associado a métricas de sustentabilidade, com compromisso de reduzir em até 30% as emissões de carbono, incluindo fontes não controladas diretamente pela companhia.

Ações sustentáveis

Em 2020 a Movida realizou o plantio de 1 milhão de mudas de árvores no Corredor do Araguaia. A iniciativa visa a captura de um milhão de tonelada de CO2 da atmosfera e as recuperações de biodiversidade e bioeconomia locais.

“Temos um ambicioso plano em sintonia com os dez princípios universais do Pacto Global e com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), envolvendo todos os colaboradores, fornecedores, investidores e especialistas no tema. Trabalhamos com estratégia amplificada, compromissos arrojados, objetivos claros, métricas precisas e intensas, além de relatórios sólidos e detalhados, com indicadores confiáveis”, conclui Livia Friseira, responsável pela área de sustentabilidade da Movida.

No mesmo ano a Movida incorporou o carro elétrico na sua frota, assinou a declaração “Unindo empresas e governos para recuperar melhor” e aderiu às iniciativas empresariais para avanço da governança climática, como o Science Based Targets, Climate for Action, Business for 1.5º Celsius e GHG Protocol, além de se tornar signatária e apoiadora da iniciativa Imperative 21, spin-off da campanha Reset Capitalism, que visa repensar formas mais sustentáveis e responsáveis de gerar riquezas sem jamais deixar de lado a promoção do bem comum.

Para conhecer mais sobre as ações sustentáveis que a Movida realiza, acesse o relatório integrado Movida 2020.

Deixe uma resposta