MSC apresenta seu sistema de segurança a bordo

Por: Camila Oliveira

 

O MSC Fantasia recebeu a imprensa internacional em Nápoles, na Itália, para uma apresentação especial a bordo. Liderada pelos porta-vozes da MSC Cruzeiros, diretor-geral da companhia, Domenico Pellegrino, gerente-geral do Departamento Técnico, Emilio La Scala, e gerente-geral da MSC Italcatering, Enrico Borniotto, a coletiva teve como objetivo expor as iniciativas de segurança e qualidade da armadora em seus 11 navios, além dos já anunciados MSC Divina e MSC Preziosa, que em breve farão parte da frota.

 

Os executivos apresentaram um panorama completo sobre as medidas, procedimentos, equipamentos e dispositivos que, nos bastidores das embarcações, garantem aos hóspedes um cruzeiro inesquecível e muito seguro. Um dos pontos altos foi o detalhamento do sistema VP & MS (Voyage Planning & Monitoring System), utilizado para planejar e monitorar posições e os itinerários da frota em tempo real, com atualizações a cada dois segundos.

 

A rota detalhada dos navios é alinhada com o comandante de cada navio antes do check-in e, quando o cruzeiro é finalizado, o curso exato do transatlântico é automaticamente enviado para o Sistema de Informações Eletrônicas (ECDIS), no qual o trajeto é comparado com o que foi pré-definido. O software VP & MS também permite que o escritório da MSC Cruzeiros em Sorrento (Itália) receba informações detalhadas da frota, como a direção, velocidade e manobras adotadas por cada embarcação.

 

Especialmente desenvolvido pela armadora italiana e recentemente ampliado com a colaboração da Quality Positioning Services BV (QPS), uma companhia independente de design de softwares sediada em Zeist, na Holanda, o programa VP & MS é um dos inúmeros exemplos do constante esforço da MSC em oferecer tecnologia de ponta em excelentes roteiros ao redor do mundo.

 

Dessa forma, a companhia reforça mais uma vez seu compromisso com seus hóspedes e tripulantes, e reitera que segue rigorosamente todas as normas internacionais da IMO (Organização Marítima Internacional) e autoridades locais dos países em que opera. Além disso, todos os navios estão de acordo com regras e padrões de funcionamento mundiais.


CO

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui