MSC Cruzeiros amplia paralisação das operações até julho

Remarcações não serão taxadas e podem ser implementadas até dezembro de 2021

MSC
Foto: Ana Azevedo

Nesta quarta-feira (29), a MSC Cruzeiros anunciou a interrupção de suas atividades até 10 de julho. A medida visa evitar o contágio e disseminação do Covid-19 (coronavírus). O Programa de Cruzeiros Flexíveis também foi estendido e incluirá reservas já existentes entre 11 de julho e 30 de setembro de 2020.

Os hóspedes afetados pela medida terão uma carta crédito que permitirá a transferência do total pago pelo cruzeiro para uma viagem futura na companhia em qualquer itinerário até dezembro de 2021. Os hóspedes receberão um crédito a bordo entre 100 e 400 euros/dólares, por cabine, dependendo da duração do cruzeiro original.


Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui