MTur estreita laços entre Brasil e Emirados Árabes

0
A reunião entre o MTur e os Emirados Árabes visa fomentar o turismo entre os dois países (Foto: MTur)

O ministro do Turismo, Vinicius Lummertz, e a embaixadora dos Emirados Árabes Unidos (EAU) no Brasil, Hafsa Al Ulama, se reuniram nesta quarta-feira (13). Os executivos discutiram investimentos e a aproximação dos dois destinos.

Representantes do MTur e do país árabe discutiram ainda a organização de uma missão oficial aos EAU. a medida permitirá a divulgação de atrativos brasileiros além da aproximação de empresários estrangeiros.

O fluxo de turistas entre os dois países tende a crescer a partir da operação, no mês de julho, de cinco voos semanais da Emirates na rota Dubai-São Paulo-Santiago, no Chile.

Melhor conectividade

A ampliação da participação internacional em aéreas no Brasil consta no projeto de lei 2.724/2015, que moderniza a atual Lei Geral do Turismo e aguarda votação na Câmara.

O ministro citou esforços pela melhoria da conectividade aérea, que tem perspectivas de avanço com a possível abertura de empresas aéreas brasileiras ao capital estrangeiro.

“Mais empresas poderão atuar no país, permitindo a chegada de novos investimentos e a ampliação de voos e rotas aéreas. Isso é essencial para a expansão do mercado de viagens”, observou.

Emirados Árabes à brasileira

Hafsa Al Ulama elogiou destinos brasileiros e destacou o grande interesse de cidadãos dos EAU em conhecer os atrativos do Brasil. Ela enalteceu o potencial dos EAU de amplificar a promoção do país, por ser um hub internacional de viajantes.

“Nós recebemos turistas de várias nacionalidades, já que muitos deles passam por Dubai, por exemplo. Ou seja, há um grande espaço para o marketing do Brasil”, argumentou.

Sem burocracia para vistos

O acordo bilateral que determina a isenção mútua de vistos entre Brasil e Emirados Árabes Unidos vigora desde 3 de junho.

O texto permite que portadores de passaporte comum ingressem, saiam e circulem livremente pelos dois países por até 90 dias, a cada 12 meses.

A entrada de viajantes exige apenas a apresentação de passaportes nacionais com pelo menos seis meses de validade, sem o pagamento de taxas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here