MTur da República Tcheca divulga nove castelos para visitação

castelo Český Šternberk
Castelo Český Šternberk. Foto: reprodução

Ministério do Turismo da República Tcheca divulga nove castelos que ficam abertos o ano todo. A visitação deve ser feita mediante apresentação de ingresso comprado com antecedência.

O primeiro deles é o Castelo de Praga. A propriedade fica aberta também durante o inverno. Nela é possível visitar o Antigo Palácio Real, a Basílica de São Jorge, a Galeria do Castelo de Praga, bem como os Estábulos Imperiais, com exposições, ou a Catedral de São Vito. O horário de visita geralmente termina às 16h.

O Castelo Křivoklát, na Boêmia Central, serviu como residência representativa dos reis tchecos e oferece várias áreas  do final do gótico. Na biblioteca  existem mais de 52.000 volumes. Há também a sala de tortura com seus respectivos instrumentos e uma prisão. No inverno, o castelo fica aberto apenas nos fins de semana.

A propriedade Karlštejn fica perto de Praga. Foi construído pelo imperador Carlos IV, como uma residência para depositar as joias da coroa tcheca e coleções de relíquias sagradas, além de receber visitantes de honra. No inverno (de sexta a domingo), é possível visitar as áreas particulares e representativas do imperador.

O palácio construído em estilo clássico, localizado na cidade de Mníšek pod Brdy, na Boêmia Central, serviu de residência aristocrática e foi habitado até meados do século XX.  Não é necessário reservar, a menos que sejam mais de 5 pessoas.

Os castelo Castelo Dobříš, na Boêmia Central oferece 11 quartos em estilo rococó e classicismo. Até hoje, o palácio pertence à família Colloredo-Mansfeld e pode ser visitado todos os dias, exceto às segundas-feiras. Aberto todo o ano, você também pode ficar no hotel-palácio.

O castelo gótico de Loket, localizado na Boêmia Ocidental, foi construído sobre uma rocha alta sobre o rio Ohře. A principal entre as exposições  do castelo é a coleção de porcelana e a de armas históricas. Lá é possível observar um meteorito que caiu em Loket no ano de 1422. No inverno, o castelo abre todos os dias até as 16h.

O castelo medieval Rožmberk, no sul da Boêmia, compõe um extenso complexo. No circuito de visitas de inverno, estão liberadas as salas privadas da família do condado de Buquoys, os últimos donos do castelo. As visitas de inverno são realizadas de terça a sexta-feira, às 11h00 e às 13h00.

O palácio Hluboká nad Vltavou, no sul da Boêmia, está entre os castelos mais bonitos da República Tcheca. No circuito de inverno, são contempladas as suítes privativas das últimas gerações do Schwarzenberg, a sala de jantar do caçador, a sala de preparação de alimentos e o andar do último proprietário do palácio, Dr. Adolf Schwarzenberg. O palácio tem um elevador pessoal e de carga. O palácio Hluboká também está aberto no inverno, todos os dias, exceto às segundas-feiras.

O Český Krumlov fecha no inverno e a visitação está liberada somente para o Museu do Castelo. O acervo contém retratos de aristocratas, escritos e  curiosidades como, por exemplo, a bandeira fúnebre de Jan Kristián de Eggenberg.

O palácio em Lednice, na Morávia do Sul, é um dos monumentos mais visitados da República Tcheca. Era a residência de verão da família principesca do Lichtenstein. O palácio faz parte da área de Lednice e Valtice, que está registrada na lista do patrimônio mundial da UNESCO. No inverno, abre nos finais de semana, exceto no mês de janeiro.


Leia mais:

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui