MTur destaca alguns dos principais roteiros de 2014

Por: Rafael Lima

 O Brasil tem roteiros que podem servir de inspiração para os planos de 2014. Mas mais do que ajudar na lista de promessas para o ano que vem, os destinos incentivam a dar o primeiro passo para dias melhores: tirar do papel um projeto de voluntariado, aprender a tocar um instrumento musical, ler mais e escrever poesias, se dedicar de verdade a algum esporte.

 

 

Santa Catarina

 

Mais de 70 mil pessoas visitam, mensalmente, o complexo religioso em homenagem a Santa Paulina, em Nova Trento (SC), uma das cidades incluídas no Mapa da Regionalização do Ministério do Turismo. Desde pequena, Paulina era comprometida com o cuidado das minorias e cresceu deixando uma mensagem de amor ao próximo pelos lugares onde passou. Brasileiros e estrangeiros seguidores do turismo religioso podem conhecer mais sobre a vida e a obra da religiosa no santuário que fica a 85 km de Florianópolis. Diferente da maioria dos espaços de culto à crença no país, o local é um parque ecológico onde o visitante pode passear, meditar e contemplar a natureza. De acordo com estimativas do Departamento de Estudos e Pesquisas do Ministério do Turismo, existem pelo menos 15 milhões de viajantes interessados em destinos religiosos no Brasil.

 

 

 

Pernambuco

 

 Quem busca entusiasmo para começar a tocar um instrumento, tem em Pernambuco uma das fontes de arte, poesia e musicalidade mais originais do país. O maior representante do xote do Brasil, Luiz Gonzaga do Nascimento, nasceu em Exu, um dos destinos do novo Mapa do Turismo do MTur. Conhecido como o “Rei do Baião”, deixou um legado único por suas composições, onde atributos como a valorização da cultura nacional ganharam grande destaque. A capital pernambucana, Recife, também guarda uma pérola da história do sanfoneiro: o Memorial Luiz Gonzaga, mantido pela prefeitura municipal em homenagem a este importante nome da música popular nordestina. No espaço, as obras podem ser conferidas de perto pelos turistas – desde antigos LPs aos últimos arranjos.

 

 

Goiás

 

 A sensibilidade de Cora Coralina desperta até corações de pedra. A poetisa brasileira de coração afável viveu longe dos centros urbanos, na Cidade do Goiás, onde produziu uma obra que é o exemplar vivo de todo o seu poder criativo. O pacato município, que está no novo Mapa turístico oficial do MTur, oferece uma viagem no tempo sobre a história de Cora: é possível conhecer lá, por exemplo, a casa onde ela morou até o fim da vida. O turismo da região é marcado pela herança cultural da escritora, que inspira eventos, shows, desfiles e encontros de artistas até hoje. Doceira de profissão, a riqueza literária do trabalho de Cora Coralina está em desvendar, com extrema nobreza literária, a simplicidade, os costumes e os sentimentos da vida no interior.

 

 

São Paulo

 

Turistas que querem programar o roteiro motivados pela afinidade com o futebol, vão fazer um “golaço” se organizarem um passeio a Santos (SP). A cidade natal de Edson Arantes do Nascimento, o Pelé, reúne importantes ícones da história do craque que superou obstáculos sociais e tornou-se o maior ídolo do futebol mundial. Não é à toa que até hoje ele inspira pequenos e grandes jogadores, amadores e profissionais, que sonham em seguir a mesma carreira. Com a chegada da Copa do Mundo, em 12 de junho próximo, o destino vai ganhar também o museu que leva o nome do astro do esporte. O museu apresentará uma importante coleção de objetos de Pelé, que, combinados com tecnologia interativa, darão ao turista a chance de relembrar as grandes “façanhas” esportivas do jogador. O museu tem apoio de R$ 9,8 milhões do Ministério do Turismo.

 

RL

Deixe uma resposta