MTur divulga análise otimista do setor hoteleiro no Centro-Oeste

De acordo com Marcelo Álvaro Antônio, ministro do Turismo, essa perspectiva se dá pela série de ações realizadas pelo MTur e todo o governo
Ministério do Turismo
Marcelo Álvaro Antônio, ministro da MTur

Uma pesquisa realizada pelo Ministério do Turismo (MTur) em outubro analisou a percepção dos empresários do ramo hoteleiro do País quanto ao desempenho e à perspectiva de seus estabelecimentos e de seus destinos. Na região Centro-Oeste, a Sondagem Empresarial mostrou que 36,8% esperam que os turistas gastem mais em suas viagens nos próximos quatro meses, período da temporada de verão 2020.

O estudo aponta ainda que 65% dos entrevistados pretendem investir em seu negócio até março do ano que vem e 36,6% esperam contratar mais funcionários. Além disso, 58,4% acreditam que a demanda pelos serviços ofertados irá aumentar e 58,3% projetam aumento no faturamento da empresa. Os empresários também se mostraram positivos em relação à expansão do turismo na região para os próximos seis meses: 32,4% acreditam que haverá aumento na rentabilidade do setor e 47% esperam crescimento na demanda pelo destino.

Para Marcelo Álvaro Antônio, ministro do Turismo, os dados da Sondagem mostram os resultados alcançados após um ano de trabalho para o desenvolvimento do turismo. “O otimismo dos empresários é reflexo de uma série de ações feitas por este governo que proporcionaram um ambiente propício para investimento. Trabalhamos durante todos estes meses para melhorar a qualidade dos destinos e serviços turísticos a fim de atender aos turistas e a população”, comemorou o ministro.

A pesquisa avaliou ainda o desempenho dos meios de hospedagem no terceiro trimestre de 2019 comparado com o mesmo período do ano passado: 28,2% dos empresários afirmaram terem empregado mais funcionários este ano, enquanto 34,4% identificaram crescimento no faturamento da empresa e 47% afirmaram que a demanda pelos serviços ofertados cresceu.

Além disso, 26,4% dos donos dos meios de hospedagem entrevistados alegaram crescimento na rentabilidade do setor de turismo no período de julho a setembro de 2019; 31,5% declararam aumento da demanda pelo destino e 30,6% afirmaram que os visitantes gastaram mais durante a viagem.

Acesse a pesquisa na íntegra aqui.


Leia também:
– MTur inicia série de reuniões para integração com órgão da Cultura
– Embratur, MTur e Governo de RS reforçam setor durante solenidade do Festuris
MTur abre cadastro para Prodetur+Turismo

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui