MTur faz palestras sobre acessibilidade e enfrentamento da exploração sexual

Por: Rafael Lima

As ações do Ministério do Turismo (MTur) na prevenção da exploração sexual de crianças e adolescentes e o Programa Turismo Acessível serão debatidos no Fórum Mundial de Direitos Humanos (FMDH), que começou ontem, dia 11, em Brasília (DF). O objetivo do evento é promover um amplo espaço de reflexão sobre direitos humanos no mundo, com foco nos principais avanços e desafios em temas como respeito às diferenças e enfrentamento às violações de direitos humanos.

 

A gerente de projetos da Coordenação Geral de Programas de Incentivo a Viagens do MTur, Priscilla Grintzos, apresentou o programa Turismo Acessível, que visa estimular a inclusão social de pessoas com deficiência nas atividades turísticas, promovendo segurança e autonomia no acesso aos os serviços e equipamentos do setor.

 

No início da tarde de hoje, dia 12,  o coordenador geral de Proteção à Infância do MTur, Adelino Neto, apresentará o programa Turismo Sustentável e Infância. O programa previne e enfrenta a exploração sexual de crianças e adolescentes em parceria com órgãos estaduais e municipais de turismo do país.

 

Cerca de 10 mil pessoas são esperadas para o evento, que reunirá participantes de mais de 80 países. O Fórum é uma iniciativa da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR) com o apoio de entidades da sociedade civil, organismos internacionais e outros órgãos de governo.

 

RL

Deixe uma resposta