MTur lança editais do Prêmio Nacional de Turismo; veja como participar

O prêmio reconhece e condecora iniciativas de destaque do segmento. Os projetos podem ser inscritos até o dia 17 de outubro
Foto: Roberto Castro/MTur

O Ministério do Turismo (MTur) publicou, nesta segunda-feira (2), os editais do Prêmio Nacional de Turismo 2019, que visa identificar, reconhecer e premiar ações de destaque do turismo e profissionais que tenham inovado ou trabalhado de forma proativa para o desenvolvimento do Turismo no País. As inscrições da iniciativa promovida em parceria com o Conselho Nacional de Turismo (CNT), seguem até dia 17 de outubro. As inscrições podem ser realizadas neste link.

Serão 11 categorias premiadas:

  • Fortalecimento da Gestão Integrada e Descentralizada do Turismo
  • Gestão de Dados e Monitoramento no Turismo
  • Sensibilização, Qualificação, Certificação e Formalização no Turismo
  • Aproveitamento do Patrimônio Cultural para o Turismo
  • Aproveitamento do Patrimônio Natural para o Turismo
  • Turismo de Base Local
  • Produção Associada ao Turismo
  • Turismo Social
  • Tecnologia no Turismo
  • Marketing e Comercialização do Turismo
  • Melhoria do Ambiente de Negócios e Atração De Investimentos

LEIA MAIS:Ministério do Turismo repassa R$ 34 milhões para mais de 300 cidadesMinistério do Turismo e da Cidadania se unirão para recuperar Brumadinho
+ Comitiva chinesa realiza visita ao Ministério do Turismo e reforça parceria

De acordo com Marcelo Álvaro Antônio, ministro do Turismo, o prêmio buscar reforçar o engajamento por avanços. “Vivemos um momento único no turismo, com uma série de medidas do governo Bolsonaro que estão dinamizando o aproveitamento do nosso potencial. Isso exige crescente inovação, a fim de garantir boas experiências aos turistas que cada vez mais nos escolhem como destino. O objetivo é não apenas reconhecer ações, mas apontá-las como grandes exemplos a serem seguidos”, frisa.

É válida a participação da seleção entidades pública, instituições do Sistema S – como Sebare, Senac e Sesi –, entidades da sociedade civil organizada, pessoas jurídicas, representantes de grupos coletivos e empreendimentos turísticos. É necessário que os participantes cumpram os seguintes requisitos:

  • Serem aplicáveis especificamente no setor de turismo
  • Apresentar resultados mensurados e efetivos que impactaram o turista e o desenvolvimento do ramo nos últimos 24 meses
  • Não terem sido premiadas anteriormente

As propostas serão submetidas a uma comissão julgadora, composta por representantes do MTur, do CNT e especialistas nas categorias. O resultado preliminar da etapa de habilitação dos projetos vai ser divulgado no dia 30 de outubro. Já o resultado preliminar dos finalistas será anunciado no dia 21 de novembro.

As publicações estarão no site do MTur e o anúncio dos vencedores do prêmio ocorrerá durante a cerimônia marcada para o dia 5 de dezembro deste ano, em Belo Horizonte, em Minas Gerais.

Reconhecimento profissional

Além disso, o Prêmio Nacional de Turismo também vai condecorar com medalhas e certificados os profissionais inovadores ou que tenham trabalhado pelo desenvolvimento do setor nos últimos 24 meses. Neste caso, a seleção é aberta somente a pessoas físicas, nas categorias:

  • Academia
  • Governo (Dirigentes e Técnicos)
  • Empreendedores de médio de grande porte
  • Micro e pequenos empreendedores
  • Organizações não-governamentais
  • Mídias sociais
  • Imprensa

LEIA MAIS:Anseditur celebra parceria com OMT e Ministério do TurismoGoiás receberá aporte do Sebrae, Embratur e Ministério do Turismo
+ Ministério do Turismo disponibiliza dados de inteligência do setor

A inscrição pode ser feita pelos próprios profissionais ou terceiros, desde que haja confirmação quanto à ciência do indicado, por meio do site do MTur. Os finalistas passarão por uma votação popular, realizada pela internet. A votação ficará disponível no site do Ministério entre 14 de novembro e 1º de dezembro.

Edição anterior

No ano passado, o 1º Prêmio Nacional do Turismo consagrou sete iniciativas que contribuíram para o fortalecimento do mercado de viagens, entre 208 projetos habilitados. Também foram reconhecidos cinco profissionais com atuação destacada na área, que disputaram a votação popular com outros 24 finalistas, num total de 44,2 mil avaliações. Confira as iniciativas e os profissionais vencedores.

Confira o convite de Marcelo Álvaro Antônio:


Leia também:
– Marcelo Álvaro Antônio reassume hoje o comando do Ministério do Turismo
– Setor de cruzeiros pode receber linha de crédito do BNDES, afirma MTur
MTur visita Ilha de Marajó (PA) em busca soluções de promoção local

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui