MTur: Turismo Religioso movimenta milhares de turistas no sábado (12)

De acordo com os dados do MTur, apenas o Círio de Nazaré deve movimentar US$ 32 milhões, no período
O Santuário Nacional de Aparecida (SP) recebeu mais de 170 mil pessoas neste sábado (12) (Foto - Marco Ankosqui-MTur)
O Santuário Nacional de Aparecida (SP) recebeu mais de 170 mil pessoas neste sábado (12) (Foto - Marco Ankosqui-MTur)

Segundo o Ministério do Turismo (MTur) o Turismo Religioso, impulsionado pelo Círio de Nazaré e a Festa da Padroeira, celebrados no Pará e São Paulo, respectivamente, movimentaram milhares de turistas, no sábado (12).

De acordo com os dados do MTur, apenas a festa paraense deve ter movimentado US$ 32 milhões, no período, de acordo com levantamento feito pela Secretaria Estadual de Turismo do Pará.

A festa, inscrita em 2013 na lista da Unesco de patrimônios imateriais da humanidade, recepcionou 83 mil pessoas neste ano. Já em Aparecida (SP), onde está localizado o segundo maior santuário do mundo, ficando atrás apenas da Basílica de São Pedro, no Vaticano, recebeu mais de 170 mil pessoas entre turistas e excursionistas. No ano, os locais recebem cerca de 2 e 12,5 milhões, respectivamente.

O Calendário Nacional de Eventos, ferramenta do Ministério, apontou ainda outras sete festas religiosas celebradas no dia 12. Ao todo, o país conta com 513 cadastradas no site do órgão.


LEIA MAISMTur do Brasil e Argentina querem melhor frequência de voosMTur organiza criação de Sistema Nacional de Segurança Turística
+ Abav Expo 2019 começa com garantia do MTur, apelos e expectativas

No Brasil, o turismo religioso movimenta cerca de 20 milhões de viagens por ano e é responsável por injetar R$ 15 bilhões na economia brasileira, aquecendo atividades do comércio e serviços com a geração de emprego e renda.

Segundo o Departamento de Estudos e Pesquisas do MTur, anualmente são feitas 8,1 milhões de viagens domésticas movidas pela fé (turistas, sem contar excursionistas).

Se somados os excursionistas, chegamos a 18 milhões de viagens com essa motivação. Quando falamos em turistas estrangeiros que vêm ao Brasil com fins religiosos, este número é de aproximadamente 30 mil ao ano.

O MTur tem trabalhado para desenvolver o turismo religioso no país. Um exemplo é a Região Sul, que possui um exemplo exitoso de roteiro integrado entre países vizinhos: a Rota das Missões. Em abril deste ano, os ministros do Turismo do Mercosul assinaram um acordo que, de forma definitiva, institui a Rota do Caminho dos Jesuítas.

O diretor executivo da Região Turística da Fé, que fica no Vale do Paraíba, interior de São Paulo, Alex Cardoso, explica que as festas e o turismo religiosos são os principais responsáveis pelo desenvolvimento local e para a geração de emprego e renda para a população.

“A Região Turística da Fé é composta por nove cidades, que, juntas, definem metas em comum para o desenvolvimento regional. Circulam pela região, principalmente por Aparecida, Guaratinguetá e Cachoeira Paulista, 16 milhões de turistas por ano. E essas cidades trabalham o turismo como o fator principal de desenvolvimento econômico e social”, disse Cardoso, que também é secretário de Turismo do município de Potim.


Leia Também:
Famtour da Azul Viagens visita Quilombo dos Palmares; veja os detalhes
Azul premia agentes de viagens e incentiva crescimento de Maceió
Israel registra aumento de 92% no fluxo de brasileiros frente a 2017

Deixe uma resposta