Municípios premiados na evolução do turismo brasileiro

Por: Antonio Euryco

FOZ DO IGUAÇU – A própria cidade de Foz, São Paulo capital, e Recife (PE), foram os municípios que apresentaram  melhores notas dentro dos critérios observados no índice de competividade do turismo brasileiro em 2011.  O resultado completo foi apresentado durante o Festival Internacional das Cataratas, na premiação do  Ministério do Turismo e do Sebrae,

O indicador mediu o estágio de desenvolvimento dos destinos turísticos brasileiros, contemplando  13 capitais e 11 não capitais avaliadas nas 13 dimensões pesquisadas. As maiores notas ficaram com São Paulo (SP), Recife (PE) e Foz do Iguaçu (PR), enquanto os destinos de maior evolução, foram Porto Velho (RO), como capital, e Balneário de Camboriú (SC), como não capital. Outros 19 municípios também foram premiados entre os destinos de maior evolução nas diversas dimensões que compõem Índice de Competitividade.

 As capitais premiadas pela evolução: Porto Velho (monitoramento e capacidade empresarial), Maceió (infraestrutura e acesso), Aracaju (serviços e equipamentos), Cuiabá (atrativos), São Luís (marketing), Rio Branco (políticas públicas), Porto Alegre (cooperação regional), Rio de Janeiro (economia local), Campo Grande (aspectos sociais), Vitória (aspectos ambientais) e Goiânia (aspectos culturais).

As não capitais: Santarém (marketing, monitoramento e cooperação regional), Barcelos/AM (infraestrutura e aspectos ambientais), Maragogi/AL (acesso), Ipojuca/PE (serviços e equipamentos), São Joaquim/SC (atrativos), Jijoca de Jericoacoara/CE (políticas públicas), Mateiros/TO (economia local), Tiradentes/MG (capacidade empresarial), São Raimundo Nonato/PI (aspectos sociais) e Alto Paraíso de Goiás (aspectos culturais).

O Índice de Competitividade é apurado anualmente, desde 2008, em pesquisas de campo realizadas pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) nos 65 Destinos Indutores do Desenvolvimento Turístico Regional.

 

AE

 


Deixe uma resposta