Navios da NCL rumam para o topo da Europa

Por: Carolina Maia

 

Quase no círculo polar ártico, Reykjavik, a capital da Islândia, um dos países mais desenvolvidos do mundo, célebre por seus gêiseres, os jatos de água quente que jorram com hora marcada, é uma das escalas nestas viagens de 12 e 14 dias que começam em Copenhague.

 

Os dois roteiros ainda contemplam Bergen, a belíssima cidade norueguesa, com suas casas de madeira brancas e vermelhas, à beira de um grande fiorde e uma das mais dinâmicas cidades da Noruega, Alesund, uma pequena cidade ao norte do país, e as Ilhas Shetland, rochosas e imponentes, ao norte da Escócia, famosas por seus pôneis e também pelos cães pastores Shetland, considerados como os mais inteligentes do mundo.

 

Aportar em Thorshavn, a capital das Ilhas Faroe, é como chegar às páginas de lendas escandinavas: casinhas coloridas, ordeiramente arrumadas junto ao litoral muito recortado, rochoso e com profundos fiordes, nesta que foi uma das muitas colônias vikings estabelecidas no século X, hoje território independente da Dinamarca.

 

Além desses portos em comum aos dois navios, neste roteiro especial do Norwegian Sun, com 14 noites e única saída em 16 de setembro, ainda há paradas em Glasgow, Escócia, e Dublin, Irlanda, antes de retornar a Copenhague. No roteiro do Norwegian Star, com 12 noites e única saída em 19 de setembro, o navio aporta também em Oslo, capital da Noruega e Helsingborg na Suécia, antes de voltar a Copenhague.

 

Estes roteiros acontecem apenas uma vez por ano e depois de cada dia com tantas gratas surpresas no Norte do mundo, todo o conforto e liberdade esperam pelos hóspedes nesses navios Freeestyle Cruising que, entre outras tantas comodidades, permitem liberdade total de escolha, de restaurantes – são 15 diferentes opções gastronômicas, entretenimento a bordo, além de diversas atrações para quem curte esportes e cuidados com o corpo.

 

CM

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui