Nobile Hotéis inaugura unidade de R$ 35 milhões em Anápolis (GO)

O Nobile Inn London Hotel ficará dentro de um centro de negócios

0
Nobile
Roberto Bertino, presidente da Nobile Hotéis

O grupo Nobile anunciou expansão para mais uma cidade brasileira, dessa vez na região Centro-Oeste. A rede leva a marca Nobile Inn para Anápolis (GO), que tem o investimento de R$ 35 milhões no novo hotel midclass. A construção, que fica no complexo London Eye Offices, foi inaugurada na sexta-feira (4) e realizada pela Construtura Proeng.

De acordo com Roberto Bertino, presidente da Nobile, a operação durante o primeiro semestre será mais focada. “Queremos estabelecer a demanda do mercado corporativo e Mice primeiro, que são nosso principal foco com esse hotel”, disse.


LEIA MAISNobile cresce 33% em resultados; agente de viagens é peça-chaveNobile Hotéis promove segunda edição do Encontro de RH NobileGrupo Nobile já investiu R$ 8 milhões nas startups Ameris e Hotelshop

Com isso em mente, as metas do executivo para os seis primeiros meses são de R$ 160 na diária média, R$ 65 de RevPar e 40% em ocupação média.

Estrutura

O Nobile Inn London Hotel conta com 165 apartamentos, que variam de tamanho entre 18 e 42 metros quadrados. Além disso, reforçando a tendência ao setor Mice, a área de eventos recebe até 300 pessoas, incluindo eventos sociais.

Mais voltado ao corporativo, salas de reunião que vão de 12 até 120 metros quadrados também estão disponíveis.

Nobile
Nobile Inn London Hotel, em Anápolis (GO)

Atuação no Centro-Oeste

Além do empreendimento em Anápolis, Bertino afirmou que outras cidades da região Centro-Oeste devem ser contempladas com hotéis Nobile. A lista inclui: Palmas (TO), Rio Verde (GO), Goiânia (GO) e Brasília (DF).

Segundo o executivo, dos destinos citados, os dois últimos estão com negociações mais avançadas e devem ser fechados ainda no primeiro semestre de 2020.

Cenário Internacional

Já com três hotéis fora do país, – um no Paraguai e dois no Uruguai – o grupo tem conversas adiantadas com hotéis nas capitais de Uruguai e Argentina. Ainda de acordo com Roberto Bertino, essas conversões devem acontecer também no primeiro semestre do próximo ano.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here