Norwegian Air anuncia cortes para sobreviver em 2019

0

A Norwegian Air confirmou que implementará “medidas de redução de custos” para resguardar a sua segurança financeira em 2019. Em nota divulgada hoje, a low cost afirma que está tomando medidas por conta da “competição dura e contínua, altos preços do combustível e desafios operacionais”.

O anúncio foi divulgado simultaneamente em que a companhia registrou o maior número de passageiros em um único ano. Ao todo, foram 37,3 milhões de passageiros (+ 13%) no ano passado. No entanto, a taxa de ocupação anual ficou na casa dos 85,8% – abaixo dos 87,5% registrado no ano anterior.

“Os números do tráfego de 2018 demonstram que a nossa presença internacional continua a crescer, em linha com a estratégia do grupo. A empresa fez investimentos consideráveis ​​neste ano e entrará agora em um período de crescimento mais lento. Ajustamos e otimizamos nosso portfólio de rotas e a capacidade daqui para frente. Também fizemos ajustes sazonais para o inverno ”, afirmou o CEO da Norwegian, Bjørn Kjos.

Operações no Brasil e Argentina

Ademais, no ano passado a companhia aérea lançou 35 novas rotas e adquiriu 25 novas aeronaves. Dentre elas estão inclusas o serviço direto de Londres-Rio de Janeiro, que contará com quatro serviços semanais que operarão a partir de 31 de março.

Além disso, a aérea também terá um serviço direto de Londres-Buenos Aires, bem como uma rede doméstica na Argentina. Também aumentou a frequência em algumas de suas “rotas mais populares” em Gatwick e contratou mais de dois mil novos funcionários.

Crescimento em dezembro

Dezembro de 2018 também foi marcado pelo crescimento de passageiros, já que a Norwegian transportou 2.402.005 passageiros. O número representa um aumento de 15% em relação ao mesmo mês do ano anterior. O crescimento da capacidade (ASK) foi de 34% e o crescimento do tráfego (RPK) foi de 24%.

Leia mais sobre Aviação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here