Números da GOL no primeiro trimestre

Por: Antonio Euryco

Os resultados financeiros referentes a janeiro, fevereiro e março  mostram um prejuízo  líquido de R$ 47,7 milhões , mas ressaltam a boa posição financeira da empresa. Durante o período, a GOL permanceu com uma forte posição consolidada de caixa e encerrou o trimestre com cerca de R$2,2 bilhões. O montante representa aproximadamente 27,6% da receita líquida dos últimos doze meses.

 

Houve Lucro Operacional (EBIT) consolidado de R$7,3 milhões com margem operacional de 0,3% no 1T12, frente ao lucro operacional de R$135,3 milhões registrados no 1T11 (margem operacional positiva de 7,1%). A Webjet, empresa 100% controlada pela Companhia, registrou uma margem operacional (EBIT) de dois dígitos no 1T12. O resultado positivo da Webjet ocorreu, principalmente, em função das sinergias obtidas entre as duas operações.

 

Foi registrado um prejuízo líquido consolidado de R$41,4 milhões com margem líquida negativa de 1,9%  diante de  um lucro líquido de R$69,4 milhões (margem líquida de 3,7%) registrado no primeiro trimestre de 2011.

 

Entre outras disposições – como no caso do custo combustível – a companhia anunciou que o valor do CASK Ex-combustível consolidado atingiu R$8,63 centavos, registrando uma queda de 3,9% frente aos R$8,98 centavos do 1T11 porém com queda de 8,9% frente aos R$9,47 centavos do 4T11. O resultado reflete os esforços adotados pela Companhia na redução de custos operacionais durante o ano de 2011 e início de 2012, além das medidas iniciais de coordenação entre GOL e Webjet. O objetivo é permanecer com um CASK Ex-combustível compatível ao seu modelo de negócio independentemente das variáveis externas à sua operação.

 

Em março/2012,  houve o anúncio de uma racionalização inicial de aproximadamente 100 voos entre GOL e Webjet. Em função de suas iniciativas de adequação à nova capacidade operacional e ao ambiente macroeconômico, a Companhia está implementado uma série de medidas de contenção de custos operacionais, incluindo uma revisão em seus custos fixos. Essas medidas estão em linha com os objetivos da GOL e sua busca permanente em focar cada vez mais em eficiência, competitividade e rentabilidade.

 

Assim, a  Receita Líquida Consolidada da GOL apresentou aumento de 14,3% na comparação com o mesmo período do ano anterior, atingindo R$2.166,1 milhões no 1T12 em comparação os R$1.895,7 milhões registrados no 1T11.

 

A Receita Auxiliar consolidada apresentou um aumento de 26,0%, atingindo R$241,8 milhões, frente aos R$191,9 milhões registrados no 1T11. Nesse trimestre as receitas auxiliares representaram 11,2% da receita líquida total consolidada da Companhia (10,1% no 1T11).

 

AE

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta