O papel da tecnologia na retomada do Turismo

tecnologia


Por Robert Gil, diretor de Tecnologia da Lemontech

tecnologia na retomada do Turismo
Robert Gil

O mundo viveu e ainda vive uma imersão na tecnologia nunca vista antes. Mesmo os mais resistentes às inovações foram conduzidos a se adaptar ao novo mundo, cada vez mais digital e autônomo. A cada dia, menos pessoas vão às agências bancárias para pagar contas e tirar extratos (acreditem que, até 2020 muitas pessoas ainda iam aos bancos para isso).

Hoje se pode fazer tudo via aplicativos, internet ou telefone, de maneira rápida, segura e sem necessidade de deslocamento. Este é apenas um exemplo da inserção das pessoas à tecnologia. Praticamente todas as áreas foram afetadas. Quem poderia imaginar Drive Thru em lojas de materiais de construção, lojas de shoppings e até mesmo para se tomar vacinas?

No Turismo não poderia ser diferente. Como uma das atividades mais penalizadas desde o início da pandemia, sofreu inúmeras mutações e avanços tecnológicos. Hoje contamos com planejamento, controle de custos e expertises automatizadas em aplicações que tornaram o processo de viajar mais rápido, intuitivo, dinâmico, transparente e mensurável.

Muitos devem se lembrar do período em que viajar era sinônimo de alto custo para a corporação e trabalho para o colaborador, desde o pedido de autorização até a prestação de contas da viagem. Eram inúmeros e-mails trocados com pedidos de cotações, aprovações e procedimentos que tornavam cada viagem um tormento para os envolvidos. E também para visualizar estes dados, já que era impossível tirar informações consistentes de um calhamaço de e-mails e telefonemas.

Fazer a prestação de contas envolvia guardar comprovantes de pagamentos, muitas vezes ilegíveis. O problema já se iniciava ao pedir um adiantamento, mais e-mails sendo trocados, inclusive com dados sensíveis como contas bancárias e valores. Além do trabalho de verificar cada comprovante enviado e do fato de que ninguém conseguia detectar a duplicidade de lançamentos, os reembolsos de quilometragem rodada eram pagos sobre um média informada pelo colaborador. Mais uma vez, não se tinha informações claras sobre todo o processo.

A tecnologia veio resolver todos estes problemas e, ainda, criar novas soluções. Solicitar uma viagem, um adiantamento ou prestar contas estão agora ao alcance, com poucos toques no celular. As políticas da empresa foram automatizadas diretamente na aplicação, lançamentos entre sistemas foram integrados e todos os dados, antes espalhados, agora se tornaram informações reais e valiosas, compiladas em dashboards desenvolvidos com indicadores importantíssimos aos gestores, que dão a eles uma visibilidade nunca alcançada antes.

A tecnologia para o Turismo veio trazer muita transparência, agilidade, eficiência e economia para as corporações. Muitos processos foram encurtados e otimizados garantindo o mínimo necessário para seu funcionamento. O futuro já chegou!

Deixe uma resposta