OMT aponta perda de US$ 2 trilhões no setor turístico mundial

O rombo de US$ 2 trilhões no turismo global foi apontado pela Organização Mundial de Turismo (OMT), que realizou o levantamento durante o período de pandemia da covid-19

OMT
(Foto: Leonardo Miranda/Unsplash)

O advindo da pandemia de covid-19 impactou negativamente o setor de turismo no mundo todo. De acordo com os dados divulgados pela Organização Mundial de Turismo (OMT), a perda do setor turístico em escala global foi de US$ 2 trilhões. 

O levantamento levou em consideração o surgimento de novas variantes, como a Delta e Ômicron e avaliou o efeito das dificuldades da população com as vacinas que implicam numa recuperação tardia do turismo mundial.

O acesso às vacinas ainda é uma problemática que está diretamente relacionada a desigualdade social, muitos países apresentam menos da população total imunizada. O turismo tornou-se um dos setores mais afetados pela crise de saúde. A OMT descreveu a recuperação como “frágil” e “lenta”.

O número de desembarques de turistas ainda é 75% mais baixo do que no período pré-pandemia, em 2019. Entretanto, o secretário-geral da Organização Mundial de Turismo, Zarub Pololikashvili, vê uma melhora no terceiro trimestre de 2021, com números mais motivadores.

“Com aumento dos casos e o surgimento de mais uma variante, ainda não é o momento de baixar a guarda, mas continuar o esforço para garantir o acesso igualitário às vacinas, coordenar procedimentos de viagens, usar os certificados digitais de vacinação para facilitar a movimentação de pessoas e apoiar o setor”, avaliou Pololikashvili.

Entre as regiões mais afetadas, estão: Ásia-Pacífico, Oriente Médio e África. Essas regiões registraram os piores fluxos de chegada de turistas, com, respectivamente, 95%, 81% e 74% abaixo dos números em comparação com 2019.

Deixe uma resposta