OMT e Google investem em programa de aceleração mundial para setor

A ideia do programa de aceleração é aprender com percepções da África do Sul, Quênia e Nigéria, a fim de promover melhores oportunidades

OMT e Google
(Foto: Pixabay)

A Organização Mundial do Turismo (OMT) e o Google firmaram uma parceria para um programa de aceleração online para os ministros do turismo dos estados membros da organização global, as principais associações de viagens e conselhos de turismo para desenvolver habilidades em inovação e transformação digital. O novo programa tem como foco percepções da África do Sul, Quênia e Nigéria.

“A OMT está empenhada em ajudar a África a crescer mais forte. Com políticas, treinamento e gestão corretos, a inovação e a tecnologia têm o potencial de promover novos e melhores empregos e oportunidades de negócios para o turismo na África, melhorando o bem-estar geral e a prosperidade da região”, disse Natalia Bayona, diretora de Inovação, Transformação Digital e Investimentos da OMT.

A inteligência de mercado e os insights são essenciais para entender o novo perfil de consumidores e impulsionar a recuperação. Por isso, a parceria com o Google permite que a OMT fortaleça as habilidades digitais e de dados da África. A região abriga 30% da população mundial, adicionando todos os anos centenas de milhões de novos usuários online e, com o Google, será possível encontrar informações relevantes e confiáveis.

“Estamos aqui para ajudar o setor do turismo a superar esta crise sem precedentes e a emergir mais forte. Nossos insights e ferramentas de dados de viagens podem ajudar as autoridades de turismo a identificar e compreender as barreiras e motivadores para visitar destinos de viagem para um melhor planejamento turístico.” disse Doron Avni, diretor de Assuntos Governamentais e Políticas Públicas para Mercados Emergentes do Google.

Confira alguns dados de viagens:

África Subsaariana

Os dados da Pesquisa Google mostram alguns sinais encorajadores de aumento do interesse no turismo na região:

Crescente interesse de pesquisa em turismo na África do Sul + 29% MoM

Quênia

As três principais perguntas que os usuários fizeram ao Google globalmente relacionadas a viagens realizadas em julho incluíram “Quando podemos viajar de novo”, “quando as viagens internacionais serão retomadas” e “quando será seguro viajar novamente”, enquanto as principais perguntas em agosto estavam relacionadas a onde e quando podemos viajar “agora”.

Na verdade, 45% das cem principais perguntas relacionadas a viagens focaram no impacto da covid-19, na necessidade de viajar o mais rápido possível e na segurança da viagem.

Nigéria

Desde que a Nigéria anunciou a intenção de reabrir suas fronteiras para viagens internacionais em 29 de agosto, o interesse de pesquisa por viagens cresceu. Desta forma, a região apresenta uma oportunidade única para repensar o turismo, inovar e desenvolver ainda mais a transformação digital do setor para que ele possa construir as bases para um crescimento sustentável futuro.


Deixe uma resposta