OMT lança Pacote de Assistência Técnica de Recuperação ao setor

Com três pilares principais, o Pacote de Assistência Técnica de Recuperação tem como objetivo ajudar governos, setor privado e agências doadoras

A Organização Mundial de Turismo (OMT) lançou um Pacote de Assistência Técnica de Recuperação de Turismo para oferecer orientação aos estados membros em resposta a covid-19. O pacote está estruturado em torno de três pilares principais: recuperação econômica, marketing e promoção e fortalecimento institucional e fortalecimento da resiliência.

O Pacote de Assistência Técnica para Recuperação de turismo covid-19 foi desenvolvido para apoiar governos, setor privado e agências doadoras que enfrentam essa emergência socioeconômica sem precedentes.

“Os planos e programas de recuperação do turismo se traduzirão em empregos e crescimento econômico, não apenas dentro do próprio turismo, mas em todas as sociedades. Este pacote de suporte ajudará governos e empresas a implementar nossas recomendações para recuperação”, afirma Zurab Pololikashvili, secretário-geral da OMT.

O pacote identificou três áreas de intervenção em potencial para acelerar a recuperação do turismo:

  • Econômico: defende políticas e medidas a serem introduzidas para estimular a recuperação econômica do setor de turismo. Estes devem ser introduzidos juntamente com o desenvolvimento de avaliações de necessidades de impacto e planos específicos de cada país para a recuperação do turismo, entre outras medidas.
  • Promocional: identificar mercados que podem ajudar a acelerar a recuperação, abordar a diversificação de produtos e (re) formular estratégias de marketing e atividades promocionais.
  • Institucional: aprimoramento da parceria público-privada e a promoção de esforços colaborativos para a recuperação do turismo e o aprimoramento de habilidades em gerenciamento e recuperação de crises.

O apoio técnico oferecido pela OMT é projetado para ajudar os Membros a trabalharem na Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável e nas 17 Metas de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

A OMT também está trabalhando como parte da resposta mais ampla da ONU à covid-19, enfatizando o papel que o turismo pode desempenhar na proteção dos países em desenvolvimento e dos membros mais vulneráveis ​​da sociedade dos piores impactos da atual crise.

Ainda com restrições

De acordo com uma pesquisa da OMT, 100% dos destinos em todo ainda contam com restrições na chegada de turistas internacionais por conta da pandemia da covid-19. Destes, 72% interromperam o turismo internacional com dados coletados em 27 de abril de 2020.

Ainda de acordo com a análise, um quarto dos destinos há restrições há pelo menos três meses, enquanto 40% dos destinos introduziram restrições há pelo menos dois meses. A pesquisa também descobriu que nenhum destino facilitou as restrições de viagem.

“A OMT pede aos governos que trabalhem juntos para coordenar o alívio e o levantamento das restrições de maneira oportuna e responsável, quando for considerado seguro fazê-lo. Abrir o mundo novamente ao turismo economizará empregos, protegerá os meios de subsistência e permitirá que nosso setor retome seu papel vital na promoção do desenvolvimento sustentável”, diz Zurab Pololikashvili, secretário-geral da OMT.


Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui