Onfly lança cartão corporativo para eliminar reembolso em viagens

O cartão está disponível nas versões digital e físico; a ferramenta permite a prestação de contas por meio do envio um SMS

Onfly

A startup mineira Onfly acaba de anunciar um cartão corporativo para acabar com o reembolso de despesas em viagens, além de gastos com marketing e tecnologia. A ferramenta permite a prestação de contas por meio do envio de uma foto do comprovante de compras por SMS.

“Estamos incorporando às nossas soluções, além da gestão totalmente on-line das viagens corporativas, a prestação de serviços financeiros para nossos clientes. Por anos, como executivo, tive problemas com reembolsos nas empresas que trabalhei. Então decidimos criar o cartão para acabar com esta dor nas empresas. Mantemos nosso foco em digitalização de viagens, mas avançamos na cadeia e queremos agora acabar com os reembolsos. Estes precisam acabar, pois é injusto com o colaborador, que assume papel de banco e financia a empresa. As corporações que se preocupam com o bem-estar dos funcionários precisam urgentemente acabar com isto”, pontua Marcelo Linhares, sócio-fundador da Onfly.

O cartão estará disponível nas versões física e digital. O formato é inspirado é inspirado no ‘case’ da norte-americana Divvy, plataforma de gestão financeira que iniciou 2021 alcançando valor de mercado de US$ 1,6 bilhão. De acordo com Marcelo Linhares, não há, no Brasil, empresa com a convergência entre travel tech e fintech.

“É um modelo que une tecnologia, software e cartão corporativo. Sem anuidade. O colaborador realiza seus gastos com a viagem e presta contas apenas com o envio de uma foto dos comprovantes de despesas, com um link que chega via SMS. Isso dá muito mais flexibilidade e eficiência para o time financeiro das empresas. Com esta solução, aumentamos o mercado endereçável da Onfly, pois conseguimos gerar valor em outras frentes dentro de uma organização, como tecnologia e marketing que precisam fazer pagamentos em cartão de crédito o tempo todo”, complementa.

Deixe uma resposta