Paraná observa aumento na demanda turística, mesmo durante pandemia

Foz do Iguaçu - Paraná
Foz do Iguaçu - Paraná. (Foto: Azzedine Rouichi/Unsplash)

A AHK Paraná e a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Paraná (Fecomércio) divulgaram que, apesar da performance ruim do setor durante a pandemia, o estado se destacou pelo crescimento da procura do destino. Para Giovanni Bagatini, coordenador da Câmara de Turismo na Fecomércio-PR, a tendência é que o turismo nacional cresça ainda mais em 2022 com relação aos anos pré-pandemia.

Porto Rico, localizado ao norte do estado, viu um aumento exponencial do fluxo de turistas, batendo o recorde de mais de 40 mil pessoas na primeira semana de 2022, representando cerca de 16 vezes a população do próprio município. A justificativa, segundo Bagatini, é da localização privilegiada na Tríplice Fronteira do Paraguai, Uruguai e Argentina, além das divisas com São Paulo, Santa Catarina e Mato Grosso.

Ele ainda reitera o fato de que grandes eventos, como a Feira de Negócios e Turismo FIT Cataratas, que aconteceu em dezembro no município de Foz do Iguaçu, cresceram exponencialmente: “O evento foi 40% maior que em 2020”, justifica.

“Estamos nos esforçando para melhorar cada vez mais nossos serviços. Somente em 2022 deverão ser capacitados, pelo Sistema Fecomércio/Sesc/Senac-PR, mais de 5.000 profissionais para atuarem em diversas áreas turísticas e recebermos ainda melhor e, de maneira mais segura, todos os turistas que aqui nos visitem”, conclui.

Deixe uma resposta