Parau Parau 2019 chega ao último dia no Tahiti

Participam do Parau Parau 2019 gerentes de produtos de operadoras de todo o mundo

0
O Tahiti Tourism está reunido no Parau Parau 2019 no Taiti
O Tahiti Tourism está reunido no Parau Parau 2019 no Taiti

O Parau Parau 2019 chegou ao seu último dia, nesta sexta-feira (22). A feira, que reúne cerca de 70 profissionais de turismo do mundo que ficam frente-a-frente com fornecedores no Taiti, está promovendo reuniões que acontecem com hora marcar em revesamento a cada 15 minutos.

Participam do Parau Parau 2019 gerentes de produtos de operadoras da Europa (França, Itália, Alemanha, Inglaterra), América do Sul (Brasil, Chile), América do Norte (Estados Unidos e Canadá) e Pacífico (Nova Zelândia, Austrália).

“As operadoras de turismo estão procurando novas ofertas para oferecer aos seus viajantes. Eles estão muito felizes em poder encontrar fornecedores locais que podem apresentar novidades sobre seus produtos de maneira pessoal”, destacou a Diretora de Operações Internacionais do Tahiti Tourism, Gina Bunton.

De acordo com Thenuzia Brito, gerente de produto da Michelle Tours, de Natal (RN), participar do Parau Parau é muito importante para estreitar os laços com fornecedores e conhecer pessoalmente as novidades que o destino oferece.

“Acredito que agora com essa minha visita, vou voltar com mais conhecimento do destino e poder oferecer outros produtos como ecoturismo, esporte, etc.”, afirmou.

Brasil e o Taiti

Thenuzia Brito crê que a feira no Taiti traz mais conhecimento para vender o destino
Thenuzia Brito crê que a feira no Taiti traz mais conhecimento para vender o destino

O Brasil ainda é um mercado pequeno para o Taiti. Em 2018 pouco mais de 1,1 mil brasileiros visitaram as ilhas da Polinésia Francesa. A expectativa é que esse número possa crescer pelo menos 10% em 2019.

Segundo Teanatea Tetoe, responsável pelo Tahiti Tourism para as Américas, fomentar cada vez mais a vinda dos brasileiros é de grande importante para a economia local.

“O Brasil não é um mercado tão representativo para nós como o mercado americano e europeu, mas é de suma importância porque o turista brasileiro quando nos visita ele gasta mais fora dos hotéis consumindo em restaurantes, comprando nas lojas locais, entre outros” disse.


Leia Também:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here