B2B Reservas cria medidas para minimizar impactos; parceiros relatam +320% em cancelamentos

De acordo com Marcos Fernando Gay, CEO da B2B Reservas, a empresa vai cobrar apenas por cada reserva que o hóspede fizer por check-in

Marcos Fernando Gay, CEO da B2B Reservas

A B2B Reservas anunciou medidas para mitigar os efeitos da crise causada pelo Covid-19 junto a seus 4 mil hotéis, mais de 100 agências de viagens e operadoras parceiros, com impacto em mais de 10 mil empresas. A empresa anunciou que, a partir da última quarta-feira (18), está com novas medidas por tempo indeterminado. Confira:

  • Isenção do limite mínimo de reservas mensais acordado com os hotéis clientes da plataforma B2B Booking
  • Faturamento apenas das reservas efetivamente utilizadas pelos hóspedes
  • Isenção do limite mínimo de reservas mensais acordado entre agências e operadoras clientes da plataforma B2B Booking
  • Isenção total de taxa de implantação e quantidade mínima de reservas para agências de viagem e operadoras que necessitarem se conectar ao sistema B2B Reservas
  • A fim de manter o compromisso de menor preço, suspensão de todos os reajustes previstos em 2020 nos contratos com clientes

“Essas medidas são de extrema relevância. Com a queda das reservas corporativas nossos clientes se encontraram em uma situação de ter que pagar por um valor mínimo sem receber negócios. A partir de agora – e por tempo indeterminado -, cobraremos apenas por cada reserva que o hóspede fizer check-in”, completa Marcos Fernando Gay, CEO da B2B Reservas.

Ainda de acordo com o executivo, parceiros da empresa registraram queda acima de 80% nas reservas no mês de março e aumento de mais de 320% na taxa de cancelamentos em relação ao mesmo período de 2019.

Gay ainda manteve conversas com as principais lideranças do segmento, como Abracorp, ABIH-SP e FOHB, a fim de reforçar o apoio a todas sugestões que ajudem no setor. “A prioridade neste momento é 100% o humano: proteger não somente a saúde, mas também o emprego dos brasileiros”, reforça.

A empresa, também, tomou medidas internas para preservar a integridade de seus funcionários sem comprometer a prestação de serviços. “A maior parte do time está em home office, conectado com clientes e fornecedores dentro da mais absoluta normalidade”, explica o CEO.

B2B Reservas: comunicado

A B2B Reservas enviou um comunicado a seus clientes e parceiros, com princípios de atuação e sugestões de ações. Confira na íntegra abaixo:

“OS 5 PRINCÍPIOS DA B2B PARA PENSAR ALÉM DA CRISE:

1) Seguiremos firmes e ao lado das agências, operadoras, empresas e hotéis como a opção mais relevante com menor custo de distribuição do mercado. Hoje e sempre.

2) Não aceitar almoço de graça. As “ofertas grátis” oportunistas que exigem dos hotéis contratos de exclusividade e compromissos de longo prazo podem inviabilizar oportunidades futuras muito mais vantajosas. 

3) Concentrar esforços no essencial sem causar impactos na operação dos negócios:  incentive o uso do cartão de crédito virtual para pagamento das despesas com hospedagem – é mais seguro e elimina o risco financeiro. Reduzir tarifas, ser inflexível e trocar por fornecedores que oferecem soluções gratuitas podem ter um impacto muito maior no custo quando a crise passar;

4) Atualize-se diariamente sobre recomendações de autoridades de saúde, siga orientações de entidades setoriais e informe hóspedes e parceiros sobre as precauções sanitárias necessárias.

5) Estamos em uma zona de turbulência global que é passageira. O momento exige tranquilidade e serenidade na tomada de decisões. Vamos juntos pensar além da crise com responsabilidade. E nos tornarmos ainda mais fortes!

Cordialmente,

Equipe B2B Reservas”


Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui