Parque Aquatica oferece outro nível de interatividade com animais marinhos

Por: Antonia de Toledo

ORLANDO – O parque Aquatica é o parque aquático mais novo de Orlando. Inaugurado em 2009 como parte do plano de expansão do Sea World, já é bastante procurado pelos brasileiros. “Atualmente todas as cidades que nós temos Sea World, nós também temos Aquática. Era natural que uma empresa como o Sea World, que tem uma tradição em mexer com atrações que envolvem água, ter seu próprio parque aquático”, explica o diretor de vendas e marketing, Mauricio Alexandre.

 

O empreendimento é o único que possui animais marinhos, e suas atrações vão desde corredeiras, rios e piscinas de onda a interação com os animais através de tubos e vitrines. Uma das mais procuradas pelos turistas é a chamada Dolphin Plunge, em que as pessoas escorregam por um toboágua de 76 metros e atravessam uma lagoa, onde é possível o contato com golfinhos. “O Sea World tem como missão a interação dos visitantes com os animais, mas ela é dada de maneira diferente em cada parque, ou seja, cada lugar apresenta um nível de interatividade diferente. No próprio Sea World, as pessoas ficam fora da água. No Aquatica, elas têm o contato com barreiras de vidro. Já no Discovery Cove, a interação é completa”, conta o diretor.

 

O restaurante principal, Banana Beach Cookout, oferece um preço fixo para alimentação ilimitada durante todo o dia da visita. A compra pode ser feita com os próprios agentes de viagem através do sistema de ingresso eletrônico, o Easy Ticket, que permite ao agente a comissão além das atrações. Além dessa opção, os visitantes ainda podem fazer suas refeições nos snack bars, que contam com hamburgueres, batatas fritas e similares para almoços rápidos.

 

Nova atração

 

Aberto das 9h às 17h, e durante  a alta temporada até às 19h, o parque ainda constrói uma área nova, que faz parte de seu plano próprio de expansão. “A nova atração ainda não divulgou muitos detalhes, mas pretende ser o toboágua mais alto do parque, com descida de 90 graus”, antecipou.

 

 

Priscila Ferraz de Mello








Curtir isso:

Deixe uma resposta