Parque de Foz do Iguaçu recebe recorde de visitantes

Por: Chris Flores

O Parque Nacional do Iguaçu obteve um novo recorde de visitações ao superar os 1,5 milhão de pessoas no ano. Com o título de Patrimônio Mundial Natural, concedido pela Unesco em 1986, o parque é uma das principais atrações da cidade de Foz do Iguaçu (PR), onde estão localizadas as Cataratas do Iguaçu, eleita uma das “Sete Maravilhas da Natureza” em 2011 pela fundação suíça New 7 Wonders.

 

O número era a melhor marca até então, obtida em 2012, segundo o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), que administra o parque. De 2005 até hoje o parque já recebeu mais de 12,5 milhões de visitantes.

 

Para o Ministério do Turismo, o Parque do Iguaçu é um exemplo do grande potencial de natureza que o País possui e uma das unidades de conservação nacional que hoje estão melhor estruturadas para receber visitantes, encantar os turistas, e proporcionar emprego e renda aos moradores da região.

 

Segundo o ministro do Turismo, Vinicius Lages, a estruturação dos parques nacionais e o aumento no número de visitações das unidades de conservação são prioridades do MTur contempladas no Plano Nacional do Turismo (PNT), cujo objetivo é elevar o país à terceira potência turística mundial até 2022.

 

Entre 2006 e 2013, o número de visitantes nos Parques Nacionais Brasileiros passou de 1,9 milhão para 6 milhões, de acordo com o (ICMBio), mas o País espera chegar mais longe e busca exemplos, como o dos Estados Unidos, onde as visitações aos parques naturais em 2012 chegou a 280 milhões – e rendeu perto de US$ 30 bilhões em atividades econômicas, além de 252 mil empregos diretos e indiretos.

 

Na entrada do Parque Nacional do Iguaçu, os turistas recebem informações, compram os ingressos e se preparam para o passeio. O espaço oferece informações sobre o atrativo, bilheteria, posto bancário, escritório de atendimento do ICMBio, venda de passeios opcionais, fraldário, telefones públicos, sanitários, cafeteria, loja de lembranças e exposição ambiental permanente. Para os guias e empresas de turismo, há uma sala exclusiva de atendimento. 

 

Segundo o chefe do parque, Jorge Pegoraro, a visitação da unidade este ano surpreendeu mesmo diante de fatores adversos como os poucos feriados prolongados, a Copa do Mundo e o período de eleições, situações que podem afastar os turistas. Segundo Pegoraro, a quebra do recorde demonstra que o Parque e as Cataratas são um impulso importante ao turismo de natureza no Paraná e um dos principais destinos procurados por estrangeiros.

 

 

CF

Deixe uma resposta