Permaneça Humano

Kimpton Fitzroy London faz o hóspede se sentir bem, mesmo que esteja em uma rápida passagem para negócios

0

Quando cheguei para o check-in no hotel Kimpton Fitzroy London, pensei que tinha sido sorte encontrar um atendente simpático na recepção. Estava toda molhada da chuva de Londres, cansada após um voo longo, puxando duas malas e, imagino, com cara de poucos amigos.

Intuitivo, ele me recebeu como uma pessoa recebe outra, não como um bom serviço, meramente treinado – e frio – comum aos hotéis. Ajudou com meu casaco molhado, se ofereceu para buscar uma toalha e, só depois de me dar um copo com água, perguntou se eu me hospedaria ali. Agilizou tudo e, em poucos minutos, eu estava no quarto.

Só queria me entregar à cama, mas mudei de ideia quando abri a porta da Suite Bathroom. Depois de passar pela antessala com lavabo, o amplo quarto, o banheiro com duplo lavabo – o vaso e chuveiro privativos -, além de uma banheira branca, limpa e brilhante, com sais de banho num potinho de vidro. As amenities são de ótima qualidade e recarregáveis, ou seja, demonstram a preocupação do hotel em reduzir o consumo de plástico.

O banho me despertou para observar os detalhes da acomodação, como o telefone vermelho, marca registrada da bandeira que salta aos olhos em meio à decoração sóbria e sofisticada. Na lareira, uma pilha de livros de autores ingleses. No minibar, petiscos gratuitos para agradar aos hóspedes. Sem falar no secador de cabelos de alta potência e nas diversas tomadas de energia já com entrada USB.

E, enfim, a cama, king size, coberta de lençóis de mil fios e cardápio de travesseiros. Não me preocupei com as janelas, pois pretendia despertar com a luz natural. Na primavera inglesa, o sol nasce cedo e acordei com vista para a Russell Square, em Bloomsbury – era a certeza de que seria uma ótima viagem.

No dia seguinte, comecei a perceber que o que eu havia imaginado ser sorte da chegada, era algo constante no hotel. Todo mundo no Kimpton trabalha de uma forma real, sem script, interessado em interagir para ajudar de forma assertiva. É o que eles chamam de “Stay Human” ou, em português, permaneça humano – um propósito de ter claro que cada hóspede é uma pessoa única.

FACILIDADES

A beleza do edifício do século 19, que ocupa todo o quarteirão o transforma em um ponto turístico. Para os passeios, há bicicletas e guarda-chuvas disponíveis para empréstimo, tapetes de ioga nos quartos, academia com equipamentos Technogym, máquinas de café Nespresso nos quartos e água de cortesia na recepção e no quarto. O café da manhã está incluído na diária, com bufê de pães, frutas, frios, sucos e receitas quentes que vêm da cozinha. Nos dias em que eu estava hospedada, o hotel estava cheio e havia uma pequena espera por mesa – uns 15 minutos. Então, se estiver com pressa, desça mais cedo.

Todos os dias, por volta das 17h, os hóspedes são recebidos com uma taça de espumante para relaxar. Outra delicadeza é o fato de o hotel, localizado no coração de Londres, ser pet friendly. Não importa o tamanho, o peso ou a raça, todos são bem-vindos e sem custo extra. “Se passar pela porta, pode trazer”, dizem. E, para fechar a agenda depois de um dia inteiro de aventuras pela cidade, há ainda o Fitz’s, um bar de coquetéis, com drinques clássicos e atuais. Não é só um bar de hotel: ele está integrado com a cidade.

Uma nova hospedagem no Kimpton – o Kimpton Charlotte Square, em Edimburgo, na Escócia – comprovou que a proposta do “Stay Human” está presente em diferentes unidades da marca boutique da Intercontinental Hotels Group (IHG). Os hotéis de Londres e Edimburgo foram assumidos em 2018, ou seja, estão novinhos em folha.

Na unidade escocesa, minha opção de quarto foi mais singela. Não havia mais a banheira na opção Single City, um quarto com cama de solteiro, bem apertadinho. Mas que, ainda assim, manteve a experiência de que cada hóspede é único.

Brasilturis viajou a convite do Visit Britain com proteção Affinity e dados móveis Flexiroam

Leia também Da Inglaterra à Escócia e Dicas de transporte no Reino Unido

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here