Pernambuco incrementa em 19% malha aérea em julho; confira

O estado de Pernambuco contará com 5.950 voos durante o mês de julho, considerado o melhor mês do ano no segmento aéreo

Pernambuco
Aeroporto do Recife, Pernambuco. Foto: reprodução

O mês de julho começa trazendo expectativas positivas para o Turismo de Pernambuco. A perspectiva para a malha aérea nos próximos 30 dias consolida o status de crescimento do Aeroporto do Recife, principal porta de entrada para o Estado. Tradicional mês de férias, julho terá 5.950 voos, entre pousos e decolagens, valor que representa um aumento de 19,62% em comparação a junho. O resultado previsto para este mês é o melhor do ano até então.

Boas notícias também com relação a outros terminais do Estado: o Arquipélago de Fernando de Noronha ampliou em 14% o volume de pousos e decolagens, chegando a 228 voos; já o Aeroporto de Petrolina atingiu 261 voos, o que é 19% a mais que em junho.

Em um panorama comparativo no Nordeste, a capital pernambucana supera Salvador e Fortaleza, que projetam 4.038 e 2.729 voos, respectivamente. Na média diária, o Recife terá 192 operações; Salvador, 130, e Fortaleza, 88. Os dados são da Anac e foram avaliados pelo Setor de Estudos e Pesquisas da Empetur.

“A onda de crescimento vista nos últimos meses segue em progressão também em julho, mês impulsionado pelas férias, o que nos leva ao melhor resultado do ano em termos da expectativa da malha aérea. Seguimos trabalhando lado a lado com as companhias aéreas, com a Aena, que administra o terminal do Recife, e com o trade turístico do Estado para seguirmos mantendo este ritmo de crescimento, que é fator crucial para que o nosso turismo recupere o fôlego e volte a gerar empregos”, destaca o secretário de Turismo e Lazer de Pernambuco, Rodrigo Novaes.

Em recente levantamento, feito pelo portal Aeroin, a partir de dados da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), a rota Guarulhos-Recife movimentou 537.318 passageiros entre os meses de janeiro e maio deste ano, sendo o voo mais procurado do País no acumulado dos cinco primeiros meses do ano.

Para julho, a estimativa é de que o Aeroporto do Recife opere 34 destinos, sendo 33 nacionais e um internacional. Os voos são para as cidades de Aracaju, Aracati, Belém, Brasília, Campina Grande, Caruaru, Confins, Cuiabá, Fernando de Noronha, Fortaleza, Goiânia, João Pessoa, Juazeiro do Norte, Maceió, Manaus, Mossoró, Natal, Palmas, Petrolina, Porto Alegre, Rio de Janeiro (Galeão e Santos Dumont), Salvador, São Luís, São Paulo (Campinas, Congonhas, Guarulhos, Ribeirão Preto e São José do Rio Preto), Serra Talhada, Teresina, Uberlândia e Vitória. Fora do Brasil, a operação é para Lisboa.

Os outros aeroportos do Estado que contam com duas malhas aéreas que também apresentam expectativa bastante positiva para o mês de julho são o Aeroporto Governador Carlos Wilson, de Fernando de Noronha, e o Aeroporto Senador Nilo Coelho, de Petrolina. O primeiro subiu de 200 voos no mês de junho para 228; já o segundo foi de 220 para 261 pousos e decolagens previstas para o período.

Com relação aos destinos, o terminal de Petrolina recebe e envia voos diretos para o Recife, Campinas, Guarulhos e Salvador. E Noronha, atualmente, só conta com operações para o Recife.

Deixe uma resposta