Pernambuco terá investimento de R$ 447 milhões com “Selo +Turismo”

Estado pleiteia recursos junto ao BNDES para obras de infraestrutura na capital, litoral agreste e sertão pernambucano

0
Ministro do Turismo entrega selo para secretários estaduais Rodrigo Novaes (Turismo) e Antônio Batista (Gestão e Políticas Públicas), em Brasília (Foto: Roberto Castro/MTur)

Pernambuco deverá receber um aporte de R$ 447 milhões para investimentos em infraestrutura turística. Na última terça-feira (28), o ministro do turismo, Marcelo Álvaro, concedeu o Selo +Turismo para projetos do estado.

Com isso, os secretários estaduais de Turismo e Lazer, Rodrigo Novaes, e de Gestão e Políticas Públicas, Antônio Neves Batista, receberam o aval do MTur para buscar junto ao BNDES os recursos.

“O Prodetur + Turismo é uma oportunidade que os destinos e empreendedores têm de investir em estruturação e serviços turísticos. E, assim, alavancar o desenvolvimento regional. O MTur aprovou o Selo + Turismo que, certamente, vai resultar em investimentos para fortalecer a atividade turística no estado”, avalia o ministro.


LEIA MAIS:
+ Carnaval de Pernambuco cresce 13% e anima o trade para Semana Santa e São João
+ Pernambuco: o carnaval mais cultural do Brasil se aproxima
+ Pernambuco: número de turistas estrangeiros cresce 67% no primeiro semestre

Pernambuco conta com 103 municípios no Mapa do Turismo Brasileiro. Eles estão organizados em 16 regiões turísticas no litoral, agreste e sertão, além da ilha de Fernando de Noronha. Segundo o secretário Novaes, a proposta do estado “vai solucionar diversas necessidades com investimentos para qualificar a infraestrutura e consolidar a gestão turística local, além de promover a geração de emprego e renda, em especial para a população local”.

Planos de ação

Ademais, entre as ações previstas para a capital, está a elaboração e implantação de teleférico no Recife antigo. Além disso, o plano prevê ciclovias turísticas, ampliação do Centro de Convenções de Pernambuco e atracadouros para transporte fluvial turístico – o “Mangue Taxi”.

Uma das propostas para o agreste, aliás, é a requalificação do Parque das Esculturas Monumentais Nilo Coelho. A área fica localizada em Brejo da Madre de Deus. Já no sertão, está prevista a restauração do complexo gastronômico Bodódromo, em Petrolina. A ilha de Fernando de Noronha deverá ser contemplada, contudo, com obras de drenagem. Junto a isso, virá a sinalização e pavimentação de vias, além da requalificação do Memorial Noronhense.


Leia também:
MTur lança programa que deve investir R$ 200 milhões em 158 municípios
MTur lança vídeo do vencedor do Prêmio Braztoa de Sustentabilidade
MTur discute segurança e compartilhamento de dados com Polícia Federal

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here