Pernambuco sofre da instabilidade econômica, mas mantém aposta no 2ºS

De acordo com Danielly Aguiar, gerente de Marketing nacional da Empresa de Turismo de Pernambuco (Empetur), novas campanhas compõem os próximos meses
Danielly Aguiar, gerente de Marketing nacional da Empresa de Turismo de Pernambuco (Empetur)

Ribeirão Preto/SP – Uma certa insegurança em todo o cenário econômico em união com a falência da Avianca Brasil deixaram o estado de Pernambuco com incertezas para todo o ano, mas não tirou o ânimo em continuar investindo na divulgação de seus pontos turísticos e serviços. O estado foi um dos destinos presentes no estande do Brasil durante a 23ª Feira de Turismo Avirrp, que aconteceu entre os dias 2 e 3 de agosto, no Centro de Convenções Taiwan, em Ribeirão Preto (SP).

Segundo Danielly Aguiar, gerente de Marketing nacional da Empresa de Turismo de Pernambuco (Empetur), o evento regional é uma ação muito importante para o destino e perceptível desde sua primeira edição. “A gente entende o interior de São Paulo como um mercado prioritário em âmbito nacional, uma vez que o estado paulista é o principal emissor de turistas para Pernambuco. Os moradores de Ribeirão Preto e região são amantes de sol e mar e a gente tem produtos excelentes para oferecer aos clientes”, declara a profissional.


LEIA MAIS:
+ RN é promovido em Roadshow na Paraíba e Pernambuco; confira
+ Pernambuco terá investimento de R$ 447 milhões com “Selo +Turismo”
+ Carnaval de Pernambuco cresce 13% e anima o trade para Semana Santa 

Mesmo com as praias sendo reconhecidas como carro-chefe do destino pernambucano, Danielly afirma que o estado tem muito mais a oferecer. No entanto, falta de apoio governamental para apresentar todos os serviço dificultam a possibilidade de proporcionar tudo ao público.

“Além de sol e mar, a gente precisa posicionar outros segmentos, como rural, do interior do estado, e enoturismo e levar para às prateleiras. Quando a gente coloca mais produtos, tendemos a atender o mercado para todas propostas, preços e gostos. Então, usando isso como estratégia, a gente se mantém e fomenta o número de turistas em todo o Pernambuco”, afirma.

Quanto aos números do primeiro semestre e do ano, a executiva afirma que estão sendo alinhados pelo setor de pesquisas, mas adianta um otimismo para os últimos seis meses que compõem o ano. Por quê? Novas ações serão realizadas, incluindo as novas ofertas disponíveis no estado, como cachoeira, produção de vinho e passeio de balão.

“Vamos lançar uma nova campanha, em setembro, chamada ‘Bora Pernambucar’. Estamos nesse processo de planejamento, de montar estratégias para direcionarmos os produtos de acordo com cada mercado. É uma ação que será lançada junto com a nossa tradicional campanha de verão. Então, estamos preparando algumas novidades que serão divulgadas em breve”, finaliza.


Leia também:
Pernambuco: o carnaval mais cultural do Brasil se aproxima
Nobile Hotéis comemora bons resultados em Pernambuco
Pernambuco: número de turistas estrangeiros cresce 67% no primeiro semestre

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui