Portobello Resort anuncia parceria com CVC para fretamentos aéreos

Portobello Resort
Foto: reprodução

A partir de julho, nos dias 3, 10 e 17, o Portobello Resort & Safári (RJ) terá voos fretados partindo do Aeroporto de Congonhas (CGH), em São Paulo, para o aeroporto localizado dentro da propriedade e retornando para Congonhas. O serviço operado por aeronaves da Voepass acontece em parceria com a CVC Corp.

A oferta foca no mercado paulistano, responsável por 20% das reservas do empreendimento. “O Portobello procurou parceiros relevantes para oferecer aos hóspedes a melhor experiência de turismo. Além de reduzir o tempo de deslocamento de São Paulo para Mangaratiba, não é necessário se preocupar com reserva de transfer e deslocamento entre o aeroporto e o hotel”, completa Luiz Antônio Raposo, diretor comercial do Portobello.

O Portobello Resort e Safári oferece a seus hóspedes a conveniência de ser acessível por terra, água e ar. Além dos voos fretados, o complexo hoteleiro possui também uma marina com píer, e acesso pela rodovia Rio-Santos. A iniciativa do produto aéreo visa diminuir as cinco horas de trajeto entre a capital paulista e o empreendimento.

O estabelecimento contém minifazenda e o safári, que reúnem uma média de 500 animais das mais diversas espécies, além de sauna a vapor, piscina natural e acomodações com pé na areia e vista panorâmica.

A piscina aquecida ganhou toboágua, chuveirinho, escorrega e outros brinquedos aquáticos, além de espaço aberto com parquinho. As brincadeiras foram adaptadas para respeitar o distanciamento e o público infantil terá totens de álcool gel na altura deles.

O resort retomou suas atividades no dia 6 de julho, seguindo todos os protocolos de higiene e segurança sanitária, incluindo o uso constante de máscaras por funcionários e hóspedes; oferta de álcool em gel em apartamentos e áreas comuns; aferição de temperatura de hóspedes e funcionários; higienização intensificada em áreas comuns e apartamentos; check-in digital pelo reconhecimento facial e uso de cartões magnéticos de fácil higienização. Na área do restaurante, o buffet é servido por funcionários que utilizam luvas, máscaras e face shields.

Deixe uma resposta