Preço das passagens aéreas subiu 25% entre abril de 2018 e 2019

A ponte Rio-São Paulo teve uma variação de 69% no valor das tarifas

0
Gervasio Tanabe, Diretor executivo da Abracorp. Foto: Divulgação

Segundo comparação da BI Abracorp , Inteligência de Dados, entre o mês de abril de 2018 e 2019, a média do valor das passagens aéreas subiu mais que 25%, afetando os clientes corporativos e as TMCs (Travel Management Companies). A tarifa saiu de R$630,97 para R$791,21 no intervalo de um ano.

A elevação das taxa nacional é causada pela baixa oferta de voo, na qual a crise da Avianca contribui. Já no setor internacional, a variação do câmbio tem impacto direto no preço da passagem.

A ponte aérea Rio-São Paulo, Santos Dumont e Congonhas, teve uma variação de 69% nas tarifas. O trecho é responsável por 17% do total da movimentação do segmento corporativo.

“É oportuno e necessário alertar o cliente corporativo de que o orçamento de viagens deve ser revisto imediatamente. Nesse contexto, entendemos que as TMCs devam avaliar, em sintonia estreita com o cliente, alternativas para se contrapor a esse cenário. É preciso analisar, em detalhes, os principais pares de cidade utilizados”, conclui Gervasio Tanabe, diretor executivo da Abracorp.

LEIA MAIS
+ Passaredo só voará em Vitória da Conquista (BA) se pagar tarifas
+ Mala Sem Alça – A polêmica MP que abre investimentos e retoma despacho gratuito
+ Welcome to Brazil – Companhias dos Estados Unidos destacam ações

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here