Prêmio Zayed de Energia do Futuro é lançado em SP

José Renato Nalini, Secretário da Educação do Estado; Khalid Khalifa Almualla, Embaixador dos Emirados Árabes Unidos no Brasil e Saleh Ahmed Al Suwaidi, Cônsul Geral dos Emirados Árabes Unidos em São Paulo

Buscar caminhos e alternativas sustentáveis é um assunto global e que ultrapassa os limites do turismo ou de qualquer outra atividade econômica. O assunto é levado tão a sério nos Emirados Árabes Unidos que o país decidiu fazer um evento com profissionais de educação de São Paulo para apresentar uma grande iniciativa nesse sentido: o Prêmio Zayed de Energia do Futuro.

O Brasilturis teve acesso exclusivo ao lançamento que aconteceu hoje (23) no Tivoli Mofarrej São Paulo, em parceria com a Secretaria da Educação do Governo do Estado de São Paulo, e contou com as presenças ilustres de Khalid Khalifa Almualla, Embaixador dos Emirados Árabes Unidos no Brasil; Saleh Ahmed Al Suwaidi, Cônsul Geral dos Emirados Árabes Unidos em São Paulo; José Renato Nalini, Secretário da Educação do Estado; e Victor Manjarrés, da TM Latin American, representante dos Emirados Árabes Unidos no Brasil.

“Estamos investindo em energias renováveis, combustíveis fósseis mais limpos, energia nuclear para fins pacíficos e em melhorias na eficiência energética”, enumerou Almualla. O prêmio reconhece a excelência em energias renováveis e sustentabilidade e oferece US$ 4 milhões para as melhores ideias em cinco categorias: grandes corporações; pequenas e médias empresas; organizações sem fins lucrativos; personalidades (prêmio de carreira) e escolas de Ensino Médio em todo o mundo. Foi esse último grupo que motivou as autoridades a apresentar o projeto às escolas brasileiras e, assim, potencializar a divulgação da iniciativa que visa inspirar as futuras gerações. “A apresentação aconteceu em São Paulo, mas escolas de todo o Brasil podem participar”, enfatizou Al Suwaidi.

Segundo os organizadores, os projetos vencedores impactaram positivamente a vida de mais de 150 milhões de pessoas no mundo inteiro nos últimos oito anos. “Não estamos buscando projetos caros, mas ideias originais”, explicou o Cônsul. As inscrições estão abertas até 27 de junho e o prêmio é decidido com base em quatro critérios: inovação, impacto, liderança e visão de longo prazo.

 

Informações: www.zayedfutureenergyprize.com

 

Camila Lucchesi

Deixe uma resposta