Presidente da IGLTA participa pela 1ª vez do Fórum de Turismo LGBT

O presidente da International Gays and Lesbian Travel Association (IGLTA), John Tanzela, participou da 3ª edição do evento

0

O Fórum de Turismo LGBT do Brasil chegou à sua terceira edição. E, neste ano, o evento, que está sendo realizado no Tivoli Mofarrej, em São Paulo, contou com a presença especial do presidente da International Gays and Lesbian Travel Association (IGLTA), John Tanzela.

De acordo com o executivo, o segmento é responsável pela geração de US$ 3,6 trilhões na economia global. Assim, ignorar o poder econômico e potencial de viagens LGBT+ é um equívoco – ainda que determinados destinos causem cautela.

“Não deixe que a política de um determinado país detenha a sua vontade de viajar. O Egito, por exemplo, é um país que gera cautela aos viajantes LGBT+. Mas tem encantos que não podem ser inaugurados.”


LEIA MAIS:
+ Visit Britain reforça ações e campanhas para a comunidade LGBT+
+ Fórum de Turismo LGBT se aproxima do fim; confira mais fotos
+ Fórum de Turismo: Las Vegas é o segundo principal destino da comunidade LGBT

Potencial brasileiro

Tanzela ainda destacou como o Brasil tem despontado como um importante emissor e receptor à comunidade LGBT+. “A IGLTA um total de 3,4 milhões de consumidores em todo o mundo. Aliás, o Brasil é o nosso segundo maior membro do mundo, com escritórios locais”, destacou.

No site da associação, além disso, também aparece como um potencial receptor dos visitantes LGBT+. “O País é o 6º na procura como destino no nosso site. Muitos viajantes e empresas têm interesse de vir ao Brasil. É preciso acreditar e apostar nesse potencial”, finalizou.


Leia também:
Turismo LGBT: como as políticas públicas devem atuar pela promoção?
Miami apresenta atrativos locais e anuncia eventos LGBT para público
Caribe gay-friendly: os diferenciais de Curaçao para a comunidade LGBT+

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here