Proexport Colômbia faz balanço positivo da Abav 2013

Por: Camila Oliveira

 

A Proexport Colômbia levou o realismo mágico colombiano à 41ª Abav – Feira das Américas, que aconteceu na última semana na capital paulista. A estratégia faz parte da campanha Colômbia é Realismo Mágico, que ressalta a experiência de conhecer o país contado em verso e prosa pelo autor de Cem Anos de Solidão e Amor em Tempos de Cólera. Desde Bogotá a Cartagena até os mergulhos em San Andrés, da Paisagem Cultural Cafeeira a Catedral de Sal e também ao colorido em Caño Cristales. De Medellín a Boyacá, a Colômbia é o destino da vez dos brasileiros.

 

Na Abav, a Proexport reforçou a campanha Colômbia é Realismo Mágico, promovendo o país enquanto destino Cultural (e literário), Praiano, Arquitetônico e para mergulho. Cartagena e San Andrés são destinos para mergulho e com muito sol e mar. Já a Paisagem Cultural Cafeeira atrai pela beleza dos cafezais e por permitir ao turista um passeio de balão pelas belas paisagens. Em Caño Cristales, é possível ver as sete cores do arco-íris nas águas do rio em diferentes épocas do ano. Um jogo interativo, aonde os visitantes aprendiam a dançar salsa, também foi um dos destaques do estande. “Foi uma oportunidade para ressaltar as qualidades da Colômbia como destino único e cheio de realismo mágico para as principais agências da região e os mais relevantes veículos de imprensa brasileiros. Tivemos visitas importantes e de qualidade”, analisou o diretor do escritório comercial da Proexport no Brasil, Alejandro Peláez.

 

Hotéis

Cerca de 16 empresas e entidades apresentaram as belezas e oportunidades do país para agentes de turismo e operadoras. “As visitas que recebemos no estande foram excelentes e conseguimos manter contatos importantes”, ressaltou Maria Claudia Sandrock, da rede de hotéis boutique Evoca (www.evoca.co). Segundo Rafael Cuesta, gerente do Hotel Monterrey (www.hotelmonterey.com.co), a Abav tem importância estratégica. “É uma oportunidade de apresentar os diferenciais colombianos”. Já o coordenador de vendas internacionais da rede Decameron (www.decameron.com), Jairo Berrio Velez, acredita que a presença no evento ajuda a abrir portas. “Os brasileiros viajam para os destinos colombianos e querem repetir a experiência”. Para Diego Alejandro Torres, do GHL Hoteles, a feira “é a mais importante do setor na América Latina”.

 

“É fundamental falarmos sobre a Colômbia para os operadores brasileiros, pois eles estão prestando cada vez mais atenção no país”, afirmou Victoria Vellojín Morales, gerente comercial da rede Hoteles Cosmos (www.hotelescosmos.com). De acordo com Juan Camilo Rodríguez, da rede Movich (www.movichhotels.co), a oportunidade de prospectar novos clientes é o principal atrativo da Abav. “Não chegamos a fechar negócios, mas foi possível aumentar os contatos”.

 

Cartagena e Bogotá

Para Isabel Mathieu, da Corporación de Turismo de Cartagena (www.cartagenadeindias.travel), a Abav foi essencial para divulgar os potenciais turísticos colombianos para os brasileiros. “Somos um destino cada vez mais importante para o Brasil”. Já Luis Fernando Arias Gómez, subdiretor de Promoção e Mercado do Instituto Distrital de Turismo de Bogotá (www.bogotaturismo.gov.co), ressaltou a importância da capital colombiana. “Antigamente, os brasileiros passavam apenas uma noite na capital, pois iam direto para Cartagena. Agora, observamos que Bogotá é um destino muito apreciado para compras de roupas de grife e tecnologia”.

 

De acordo com Leydy Pachón Prieto, diretora do Departamento Receptivo da Panamericana de Viajes DMC (www.panamericanadeviajes.net), a qualidade dos contatos feitos nos cinco dias de feira foi um diferencial da 41ª edição. “As visitas ao stand foram importantes, pois os contatos feitos foram de qualidade”. Para Guillaume Benjamim Janet, da Aviatur (www.aviaturincoming.com), os participantes tiveram a oportunidade de “conhecer novos produtos”.

Atualmente, o Brasil ocupa posição de destaque em relação à emissão de turistas para a Colômbia. “O perfil do turista brasileiro interessa muito para nós, pois são pessoas que gostam de investir para obter serviços e produtos de qualidade”, declarou Ruby Marcela García, da All Reps (www.allreps.com). “Os brasileiros são passageiros de alto perfil, que buscam coisas boas e não se importam em pagar por elas”, acrescentou Angelica Chapeton Lever, da Over Receptour del Caribe (www.receptourdelcaribe.com).

A posição do turista brasileiro também foi apontada como essencial para Gabriela Von Thuronyi de Londoño, da Gema Tours (www.gematours.com). “O mercado brasileiro representa 60% dos nossos clientes”. E para Rodrigo Maldonado, da Contactos (www.contactos.com.co): “O Brasil é hoje o segundo mercado mais importante na área de turismo para a Colômbia”.

CO

Deixe uma resposta