Puerto Natales tem o turismo como principal atividade econômica

Por: Priscila Ferraz

CHILE – No terceiro dia da press trip para o Chile organizada pela Sky Airline em parceria com a rede Noi Hotels, o grupo convidado viajou para Puerto Natales, cidade da Patagônia Chilena que fica na região do Estreito de Magalhães, situada a pouco mais de 200 quilômetros a noroeste de Punta Arenas – cidade portuária do país. Puerto Natales fica ao lado da Cordilheira dos Andes, mas na parte interna do Chile, sem acesso ao Oceano Pacífico.

 

Com apenas seis semáforos e uma universidade pequena, o destino é a capital da província de Última Esperança. O nome se deu devido às tentativas de um navegador chegar ao Estreito de Magalhães sem sucesso. Ao passar pelo local, disse que esta seria a sua “última esperança” para chegar ao destino desejado, dando assim, nome ao canal da cidade, que provém do degelo das montanhas ao seu redor.

 

Puerto Natales possui apenas 20 mil habitantes e recebe muitos visitantes, principalmente nos meses de janeiro e fevereiro. Não à toa, sua principal atividade econômica é o turismo, seguida da pesca. A cidade nasceu da mistua de colonos europeus e chilotes (que vivem no arquipélago Chiloé, ao sul do Chile) e teve, por muito tempo, a mineração como principal movimento da economia – devido a isto, todos os moradores da cidade possuem alguma ligação (de família) com a mineração.

 

Nos anos 1950, uma família alemã começou a criação de ovelhas, mas outras nacionalidades habitavam o local, como escoceses, ingleses e irlandeses. Atualmente, a pecuária segue também como atividade econômica, tendo como um dos pratos típicos da região cordeiro com gorgonzola e cebola refogada. Outro prato muito apreciado é a centolla, conhecido como king crab ou, em português, caranguejo gigante. A criação de salmão, principal atividade econômica de Puerto Varas, está em ascensão em Puerto Natales atualmente.


Entretenimento

 

Há muito o que se fazer na cidade. Além de belas paisagens, arquitetura e inúmeros tipos de hospedagem (hotéis, pousadas e hostels), é possível incluir nos roteiros de atividades idas a restaurantes, bares, discoteca e até cavalgadas.

 

O local também é o principal ponto de entrada para os turistas que desejam visitar o Parque Nacional Torres del Paine, eleito pelo site VirtualTourist como oitava maravilha do mundo. Fundado no fim da década de 1950, é um dos locais preferidos dos amantes da natureza por abrigar geleiras e lagos.

 

 

Priscila Ferraz de Mello

Priscila Ferraz de Mello
Priscila Ferraz de Mello
Priscila Ferraz de Mello
Priscila Ferraz de Mello
Priscila Ferraz de Mello
Priscila Ferraz de Mello

Curtir isso:

Deixe uma resposta