Qatar Airways anuncia recorde de US$ 1,54 bilhão

Maior lucro do setor aéreo global no mesmo período líder entre redes internacionais de passageiros e carga

Qatar

O Grupo Qatar Airways comemora 25 anos de operação com seu desempenho financeiro mais forte, refletido em seu relatório anual publicado para 2021/22, com 200% acima de seu maior lucro histórico anual. No período mais difícil de todos os tempos no setor aéreo global, a companhia aérea credita seus resultados positivos a sua agilidade e estratégia bem-sucedida, que continuou focada nas necessidades dos clientes e nas oportunidades de mercado em evolução, bem como na eficiência e no comprometimento de seus funcionários em todo o mundo. Este lucro não é apenas um recorde para o Grupo Qatar Airways, mas também um recorde entre todas as outras companhias aéreas que publicaram resultados financeiros para este ano.

O Grupo registrou um lucro líquido recorde de US$ 1,54 bilhão (cerca de R$ 7,78 bilhões) durante o ano fiscal de 2021/22. A receita geral aumentou para US$ 14,4 bilhões (cerca de R$ 72,76 bilhões), um aumento de 78% em relação ao ano passado e 2% notáveis a mais do que o ano fiscal completo pré-covid (ou seja, 2019/20). A receita de passageiros aumentou 210% no ano passado, devido ao crescimento da rede de aviação, aumento na participação de mercado e maior receita unitária, pelo segundo ano fiscal consecutivo. Acompanhia transportou 18,5 milhões de passageiros, um aumento de 218% em relação ao ano passado.

A Qatar Airways Cargo continuou a ser o principal player do mundo, pois sua receita experimentou um crescimento impressionante de 25% em relação ao ano passado, com o crescimento da capacidade de carga ( “toneladas-quilômetros disponíveis”) de 25% ao ano.

A empresa gerou uma forte margem EBITDA de 34% em US$ 4,9 bilhões (cerca de R$ 24,76 bilhões). O EBITDA foi superior ao ano anterior em US$ 3,2 bilhões (cerca de R$ 16,17 bilhões) devido a operações ágeis, eficazes e adequadas ao propósito em todas as áreas de negócios. Esses ganhos recordes são resultado de decisões tomadas durante a pandemia para expandir as redes de passageiros e cargas da Qatar Airways, com uma previsão mais precisa da recuperação do mercado global, construindo ainda mais fidelidade de clientes e do trade, e unindo excelência de produtos com forte controle de custos.

Apesar dos desafios do coronavírus, a transportadora nacional do Estado do Qatar cresceu para mais de 140 destinos em 2021/22, abrindo novas rotas incluindo Abidjan, Costa do Marfim; Lusaka, Zâmbia; Harare, Zimbábue; Almaty, Cazaquistão e Kano e Port Harcourt, Nigéria, além de retomar voos para os principais mercados da Europa, África, Oriente Médio e Ásia. A Qatar Airways operou continuamente a maior rede aérea entre todas as companhias aéreas do Oriente Médio, tanto em termos de número de destinos disponibilizados, como voos semanais.

O Ministro da Energia e Presidente do Grupo Qatar Airways, Sr. Saad Bin Sharida Al-Kaabi, disse: “O Grupo demonstrou um papel robusto no setor de aviação e esses resultados financeiros são uma indicação clara do forte desempenho. Contra os desafios do período anterior, congratulo-me com as conquistas alcançadas este ano e com a forma como respondeu rapidamente a esses desafios.”

O CEO do Grupo Qatar Airways, Sr. Akbar Al Baker, disse: “Este ano comemoramos um quarto de século de história, mantendo um forte desempenho e lucratividade crescente. Nosso compromisso de oferecer as melhores opções aos nossos passageiros, manter os mais altos níveis de segurança do setor e ganhar confiança nos tornou orgulhosamente a companhia aérea preferida de milhões de viajantes em todo o mundo. Perseguimos todas as oportunidades de negócios e não deixamos pedra sobre pedra ao tentar atingir nossas metas.”

“Em 2021, crescemos significativamente para nos tornarmos a maior transportadora global de longa distância do mundo em 2021 por RPKs. Também recebemos o prêmio de maior prestígio do setor, ‘Companhia Aérea do Ano’ pela sexta vez recorde no Skytrax World Airline Awards, além do reconhecimento pelo hub da companhia aérea, o Aeroporto Internacional de Hamad, como ‘Melhor Aeroporto do Mundo’ 2021. A divisão Qatar Airways Cargo também ganhou três prêmios importantes do setor, incluindo Operador de Carga do Ano no ATW Airline Awards; Cargo Airline of the Year e Air Cargo Industry Achievement Award no World Air Cargo Awards da Air Cargo Week. Essas conquistas não apenas destacam nossa excepcional reputação de marca, mas também nosso excelente trabalho árduo em toda a família do Grupo Qatar Airways”.

“Estou extremamente orgulhoso das decisões que tomamos para adotar a eficiência e obter um forte controle de custos em vários departamentos operacionais, ao mesmo tempo em que nos envolvemos em iniciativas ambientais e sustentáveis. Isso nos posicionou na vanguarda no campo da sustentabilidade, incluindo a proteção ambiental e o compromisso social. Nossos investimentos estratégicos em uma frota variada de aeronaves modernas e com baixo consumo de combustível nos ajudaram a superar os desafios significativos relacionados às restrições de capacidade, equilibrando as necessidades comerciais o mais rápido possível”.

O grupo aéreo também continuou a mostrar seu compromisso inabalável em retribuir e apoiar comunidades e iniciativas de caridade ao longo de 2021/22. Além disso, está constantemente estabelecendo novos marcos em sustentabilidade ambiental para o setor de aviação e lançou recentemente seu Relatório de Sustentabilidade 2021 para destacar as principais iniciativas e o compromisso do Grupo com o meio ambiente e a sustentabilidade.

No contexto da interrupção durante a pandemia, a Qatar Airways Cargo transportou mais de 3 milhões de toneladas de carga aérea e garantiu 8% de participação no mercado global. A Cargo também transportou mais de 600 milhões de doses de vacinas contra a covid-19 ao longo da pandemia até o momento e também concentrou seus esforços no aprimoramento de seu renomado produto farmacêutico e presença no setor, além de garantir o compromisso com sua iniciativa pioneira WeQare, que consiste em de uma série de ações positivas e impactantes em forma de capítulos baseados nos pilares centrais da sustentabilidade – meio ambiente, sociedade, economia e cultura.


Leia também: Copa Airlines anuncia novos voos ao Brasil

Deixe uma resposta