Reabertura dos Estados Unidos: Coranavac será aceita para entrada

A reabertura dos Estados Unidos continua cercada por algumas dúvidas apesar do esclarecimento sobre as vacinas

Nova York é um dos destinos mais buscados para viajar aos Estados Unidos, um dos mais afetados com a redução de gastos de turistas em 2020, segundo a GlobalData - reabertura dos estados unidos

Os agentes e operadores que querem aproveitar a reabertura dos Estados Unidos e incrementar as vendas, estão com uma grata novidade. Em entrevista a Reuters, o CDC anúncio que a Coronavac está entre as vacinas que serão aceitas para a reabertura do país, marcada para novembro.

Até então, a reabertura dos Estados Unidos foi apenas anunciada pela Casa Branca, sem dar detalhes sobre quais imunizantes seriam aceitos, além dos já aplicados no país como a Moderna, Pfizer e Janssen, conforme adiantou o Brasilturis Jornal, durante o IPW 2021.

Agora, além das três principais vacinas dos Estados Unidos, os viajantes imunizados com Coranavac, AtraZeneca e Sinopharm também estarão liberados para entrar em solo americano.

Apesar do anúncio que beneficia milhares de viajantes brasileiros, nem o governo ou a CDC ainda divulgaram oficialmente um documento detalhando os procedimentos de entrada. Atualmente, para embarcar aos EUA é necessário apresentar um teste PCR negativo, feito até três dias antes do embarque.

Deixe uma resposta