Recorde: Aeroporto Internacional do Recife fecha 2017 com 7,7 milhões de passageiros

0

Número foi maior do que o alcançado em 2014, ano da Copa do Mundo no Brasil

O Aeroporto Internacional do Recife estabeleceu seu novo recorde de movimentação de passageiros. De acordo com o relatório apresentado pela Infraero, 7,7 milhões de pessoas passaram pelos terminais do equipamento ano passado, superando os 7,2 milhões registrados em 2014, no ano da Copa do Mundo.

A marca levou o Estado à inédita liderança na movimentação dos aeroportos do Nordeste, como reflexo da política de turismo da administração do governador Paulo Câmara, com ações de estruturação, promoção dos destinos e capacitação de mão de obra relacionada ao setor. Planejamento que levou Pernambuco a uma expansão sem precedentes de sua malha aérea, saltando de 14 para 26 destinos nacionais e de quatro para 15 destinos internacionais desde o início de 2015.

Segundo a Infraero, 7.774.369 de passageiros utilizaram o aeroporto do Recife em 2017. Um crescimento de 14,13% em relação a 2016. Em números absolutos, chama atenção o salto de mais de 850 mil passageiros nacionais em um ano: 6.564.196 em 2016 para 7.401.315 este ano (12,75% de variação). Percentualmente, por outro lado, o destaque fica por conta dos passageiros de voos internacionais, que saltaram de 247.480 para 373.054, num crescimento de 50,74%.

De acordo com o secretário de Turismo, Esportes e Lazer de Pernambuco, Felipe Carreras, o feito é uma consequência inequívoca dos esforços que o governo estadual vem implementando no setor em parceria com a Prefeitura do Recife. “Não se trata de algo repentino. É algo construído ao longo dos últimos anos por uma equipe comprometida e incansável que tem revolucionado o turismo local. Um time que planejou ações de divulgação de impacto no exterior, como a do metrô de São Paulo e que conquistou novas frequências locais e internacionais como nunca antes”, destacou o secretário. “Mas se engana quem pensa que nos damos por satisfeitos. Aqui, todos têm consciência de que há muito pela frente ainda e não falta disposição para encarar novos desafios e buscar novas marcas, feitos e recordes.”

AMPLIAÇÃO DA MALHA AÉREA

A política do Governo de Pernambuco de expansão da malha aérea estadual é um dos pilares da revolução no turismo local. Hoje o estado se conecta a 26 destinos nacionais (Aracaju, Belém, Belo Horizonte, Brasília, Campinas, Campina Grande, Cuiabá, Curitiba, Fernando de Noronha, Fortaleza, Goiânia, Jericoacoara, João Pessoa, Juazeiro do Norte, Maceió, Natal, Petrolina, Porto Alegre, Ribeirão Preto, Rio de Janeiro, Salvador, São Luis, São Paulo (Guarulhos e Congonhas), Teresina e Uberlândia).

No escopo internacional, são 15 destinos conectados: Lisboa (TAP), Montevidéu (GOL), Buenos Aires (LATAM e GOL), Cabo Verde (TACV), Frankfurt (Condor), Cidade do Panamá (Copa Airlines), Miami (Latam), Milão (Meridiana), Orlando (Azul), Munique (Condor), Bogotá (Avianca), Madri (AirEuropa), Córdoba (GOL) – a partir de março, a Azul também irá operar a rota entre Recife e a cidade argentina -, Rosário (AZUL) e Fort Lauderdale (AZUL).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here