Rede Windsor anuncia novo executivo para o segmento Mice

Rede Windsor anuncia o mais novo contratado para compor a equipe. O profissional, com mais de 20 anos de experiência, Ricardo Crispim, que está a partir de agora exercendo a função de gerente comercial de Congressos e Eventos da Rede Windsor, do segmento Mice, popularmente conhecido no Brasil como turismo de negócios e de eventos. Crispim possui um vasto know-how na posição de liderança em empresas multinacionais e nacionais na área de brand experience e também na indústria hoteleira e turística no Brasil. Sólida experiência em gerenciamento de projetos, prospecção de mercado e gestão na área comercial.Já trabalhou em grandes empresas como: GL Events, iLUKA e Rede Othon.

O executivo possui vivência em países da Europa e também nos Estados Unidos, onde concluiu pós-graduação em Marketing – Relacionamento e Projetos pela UCLA.

Para a rede Windsor a contratação do novo executivo acontece num momento especial de grandes expectativas para o aumento de eventos e feiras com o novo complexo de hotéis e eventos, Windsor Convention & Expo Center, na Barra da Tijuca. Considerado um dos maiores espaços para eventos no Rio de Janeiro, o novo centro de convenções possui uma área total de 20 mil m², 100 salões multiuso e capacidade de sediar eventos até sete mil pessoas na Barra da Tijuca. O objetivo é apresentar a magnitude da estrutura disponível, que une pavilhão de eventos e hotelaria em um mesmo complexo, capaz de atender a eventos de diversas especialidades.

“É um imenso prazer fazer parte do grande time da rede Windsor. Seja no turismo de lazer ou nos eventos e negócios, o Rio ainda tem muito a avançar. Com a infraestrutura do novo centro de convenções mais a expertise em hotelaria da rede, junto a um trabalho sério, iremos atingir bons resultados de negócios e um crescimento do segmento de eventos para a cidade”, disse Crispim.

Em 2017, o projeto da rede é apoiar congressos brasileiros e internacionais na área médica com parcerias importantes junto à Associação Médica Brasileira (AMB), Conselho Federal de Medicina (CFM) e Associação Médica Mundial (WMA), para realização de eventos com a participação de mais 7 mil participantes.

Atualmente, o turismo de eventos é o segundo maior fator de atração de visitantes estrangeiros para o Brasil. Segundo dados do Ministério do Turismo brasileiro, 25,6% dos turistas internacionais chegam ao País para participar de eventos corporativos, e seu gasto médio diário, US$ 127, quase duas vezes maior que o desembolso dos turistas de lazer.

Da Redação

Deixe uma resposta