Regent apresenta Explorer aos brasileiros o navio mais luxuoso do mundo

Frank Medina, vice-presidente de Vendas e Marketing da América Latina e Caribe, Estela Farina, diretora geral para o Brasil, e Harry Sommer, vice-presidente de Vendas e Marketing para o mercado internacional

O porto de Santos (SP) recebeu, pela primeira vez, o navio mais luxuoso do mundo. O transatlântico Seven Seas Explorer, lançado em 2016, veio de Cape Town, na África do Sul. No Brasil, a embarcação, aliás, já passou por Paraty (RJ) e segue em direção de São Francisco do Sul (SC).

A marca, conhecida por atender um público seleto, comemora o crescimento contínuo de brasileiros. O grupo afirma que tem registrado crescimentos contínuos de vendas em relação ao ano passado. Além disso, houve um número expressivo de brasileiros a bordo.

E, para este ano, os executivos da Regent projetam resultados ainda melhores. “A Regent tem sido cada vez mais solicitada pelos brasileiros”, destaca o vice-presidente de Vendas e Marketing para o mercado internacional da NCL, Harry Sommer. “Isso nos prova, portanto, que se trata de um mercado em ascensão”, completou.

Sobre o navio

O Seven Seas Explorer foi eleito o mais luxuoso do mundo pela Cruise Critics. A embarcação transporta no máximo 750 viajantes. O navio chegou a Santos depois de passar por Angra dos Reis, Búzios e Paraty.

Além disso, após zarpar de Santos, o roteiro ainda inclui São Francisco do Sul e Porto Belo. De lá, a próxima parada já é em Punta del Este (Uruguai). Assim, o programa completo pode durar 12 noites e acabar em Buenos Aires (Argentina). Ou, ainda, se estender até a capital chilena, Santiago, com duração de 28 noites.

Ademais, o navio apresenta umas das mais altas taxas da indústria de cruzeiros na equação espaço (m²) e tripulação em relação aos passageiros. Isso reforça o posicionamento da armadora como uma das mais inclusivas linhas de cruzeiros de luxo do mundo.

Novidades

O próximo ano, aliás, será de novidades para o grupo. O Regent Seven Seas Splendor deverá ser inaugurado em fevereiro de 2020. Porém, embora ainda falte pouco mais de um ano, cerca de 80% das cabines já foram vendidas. “E há brasileiros que já compraram com bastante antecedência”, revelou a diretora geral para o Brasil da Norwegian Cruise Line Holdings, Estela Farina.

Ademais, a Regent anunciou a encomenda de um novo navio. A previsão de entrega é para 2023. Assim, a nova embarcação deverá ser irmã do Explorer e do Splendor. Além disso, também transportará no máximo 750 passageiros.

Confira as fotos da visita no álbum abaixo.

Leia mais sobre Cruzeiros.

Deixe uma resposta