Reino Unido reabre fronteiras para brasileiros vacinados

O Brasil será retirado oficialmente da 'lista vermelha' do Reino Unido a partir de segunda-feira (11), uma semana após voltar a permitir a entrada de britânicos no País

Reino Unido

Como resposta imediata a permissão de entrada no Brasil aos britânicos, o Reino Unido vai na mesma direção. Nesta quinta-feira (7), o governo do país confirmou a liberação das fronteiras para brasileiros completamente imunizados.

A decisão, que passa a valer a partir de segunda-feira (11), inibe turistas de realizarem a quarentena de dez dias. No entanto, viajantes ainda precisam apresentar um teste negativo para Covid-19 e comprovante da vacinação.

A decisão do Reino Unido, portanto, é válida aos viajantes que já tomaram as duas doses de Astra Zeneca, Moderna e Pfizer (a pelo menos 14 dias), além da dose única da Janssen, farmacêutica da Johnson & Johnson.

Aos que não estão imunizados totalmente ou receberam Coronavac, continua obrigatório o isolamento no período indicado – mas agora sem ser em hotéis sinalizados pelo governo.

Brasil e Reino Unido

Em nota oficial, Gavin Landry, diretor executivo e vice-presidente do Visit Britain para as Américas, comemora a notícia e espera reaquecer as relações com profissionais do Turismo brasileiro.

“Nossa equipe no mercado brasileiro está trabalhando em estreita colaboração com o comércio de viagens e parceiros em todo o País para promover o melhor do Reino Unido e impulsionar as reservas. O Brasil é um importante mercado emissor e estamos prontos para recebê-los de volta”, afirma.

Com o Brasil na conta, foram mais de 47 nações retiradas da lista de acesso restringido ao Reino Unido. Até o momento, os únicos países que a integram são Colômbia, Equador, Haiti, Panamá, Peru, República Dominicana e Venezuela.

Deixe uma resposta