República Dominicana anuncia Plano de Recuperação do Turismo

A partir de 15 de setembro, visitantes estrangeiros contarão com plano de proteção e assistência gratuita, e aeroportos aplicarão somente testes aleatórios a visitantes

República Dominicana

Na última quarta-feira (9), David Collado, ministro de Turismo da República Dominicana anunciou que está trabalhando junto a diversos setores nos últimos detalhes das novas disposições e protocolos sanitários do Plano de Recuperação Responsável do Turismo, que já está pronto para ser implementado a partir de 15 de setembro.

“O Plano de Recuperação do Turismo inclui medidas que, até o momento, nenhum país da região possui”, afirmou o ministro Collado. A partir de 15 de setembro, o Ministério de Saúde Pública iniciará a publicação de um relatório sobre a situação de contágios e letalidade do covid-19 específico para polos turísticos.

A partir da entrada em vigor do novo plano, os turistas que chegarem à República Dominicana não necessitarão apresentar um exame negativo do tipo PCR, realizado previamente à entrada no país. Em vez disso, serão realizados exames aleatórios e não invasivos, que utilizam o hálito para o diagnóstico.

Visitantes estrangeiros que entrarem no país a partir de 15 de setembro e até 31 de dezembro de 2020 terão um plano de assistência ao viajante entregue no momento do check-in no hotel, com cobertura diante de um eventual contágio de covid-19.

Segundo o ministro, a entidade que dirige esteve trabalhando com o setor privado, as autoridades de saúde e outros setores no levantamento dos hospitais localizados nos principais polos turísticos do país, verificando a disponibilidade de leitos e suas condições, de modo a confirmar a logística para o atendimento de potenciais visitantes contaminados e com sintomas do covid-19.


Deixe uma resposta